Pilates é para todos, até para quem duvida!



5 6 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Anterior
Próximo Mais Votados
Inline Feedbacks
Ver Todos

Arrasou

“Pilates também é coisa de macho”, assim era o título de uma matéria que li em uma revista de pilates, há lá se vão alguns anos. Achei curioso o título, me perguntando da necessidade de explicar o óbvio: que uma modalidade de exercício, reabilitação e condicionamento, não era destinada a gênero nenhum.

Tempos depois, já formada e com meu sonhado studio de pilates funcionando a pleno vapor, tive um clic que me levou de volta àquele texto e, finalmente, entendi a necessidade dele.

Aqui na Reviva, como na maioria dos studios, o público é majoritariamente feminino. E a resposta a esta questão é tão boba quanto às suposições de quem nunca foi a um aula: Pilates é coisa de mulher, é só alongamento, não fortalece.

Minha gente, por onde eu começo? Acho que pelo começo… O método Pilates, hoje só se chama Pilates, graças ao seu criador. Um homem alemão, com uma história incrível de perseverança, força, criatividade e muita determinação, que ganhou o mundo: Joseph Pilates.

Achei que colocar uma foto do próprio Pilates aqui nesta primeira coluna, ajudaria a justificar sem tanta necessidade de palavras o que o método pode fazer. E que jogue o primeiro pote de whey quem não ficou com uma pontinha de inveja do shape esculpido pelo Pilates.

O Pilates é capaz de trabalhar músculos tão profundos quanto desconhecidos pela maioria das pessoas. Sua ação no alívio de dores, de ganho de força e flexibilidade, de aumento de autoestima e de qualidade de vida, são destinados a todos os gêneros.

Tem uma coisa bem legal do Pilates que nem todo mundo sabe: ele é perfeito para melhorar o desempenho de diversas modalidades esportivas. As sessões com poucas pessoas e direcionadas a cada necessidade, fazem toda a diferença nos treinamentos, nas pistas de corrida, campos de futebol, ondas do mar e quadras esportivas. Prova disso são os atletas de alto rendimento como Mohamed Salah, Gabriel Medina e Cristiano Ronaldo, que aderiram ao Pilates. Indo um pouco mais atrás, lembra do Stallone, famoso pelo personagem Rambo nos anos 80? Pois é, caro leitor, ele também é praticante assíduo do método.

E tem uma cerejinha nesse bolo todo que se chama Pilates. Mas vem cá? Posso já chegar falando de sexo assim, na estréia da coluna? Vou supor que sim!

O método Pilates tem um trabalho todo especial com a musculatura do assoalho pélvico, essa região que fica aí abaixo do abdômen, no seu sistema reprodutor. Quando bem condicionada é maravilhosa na hora H. De homens e mulheres! E aqui estou falando claramente de disposição e desempenho.

E, mais uma vez, disposição e desempenho, não têm gênero, e todos podem aproveitar. E aí? Bora marcar essa aula pra quando?



O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte




Pilates é para todos, até para quem duvida!





“Pilates também é coisa de macho”, assim era o título de uma matéria que li em uma revista de pilates, há lá se vão alguns anos. Achei curioso o título, me perguntando da necessidade de explicar o óbvio: que uma modalidade de exercício, reabilitação e condicionamento, não era destinada a gênero nenhum.

Tempos depois, já formada e com meu sonhado studio de pilates funcionando a pleno vapor, tive um clic que me levou de volta àquele texto e, finalmente, entendi a necessidade dele.

Aqui na Reviva, como na maioria dos studios, o público é majoritariamente feminino. E a resposta a esta questão é tão boba quanto às suposições de quem nunca foi a um aula: Pilates é coisa de mulher, é só alongamento, não fortalece.

Minha gente, por onde eu começo? Acho que pelo começo… O método Pilates, hoje só se chama Pilates, graças ao seu criador. Um homem alemão, com uma história incrível de perseverança, força, criatividade e muita determinação, que ganhou o mundo: Joseph Pilates.

Achei que colocar uma foto do próprio Pilates aqui nesta primeira coluna, ajudaria a justificar sem tanta necessidade de palavras o que o método pode fazer. E que jogue o primeiro pote de whey quem não ficou com uma pontinha de inveja do shape esculpido pelo Pilates.

O Pilates é capaz de trabalhar músculos tão profundos quanto desconhecidos pela maioria das pessoas. Sua ação no alívio de dores, de ganho de força e flexibilidade, de aumento de autoestima e de qualidade de vida, são destinados a todos os gêneros.

Tem uma coisa bem legal do Pilates que nem todo mundo sabe: ele é perfeito para melhorar o desempenho de diversas modalidades esportivas. As sessões com poucas pessoas e direcionadas a cada necessidade, fazem toda a diferença nos treinamentos, nas pistas de corrida, campos de futebol, ondas do mar e quadras esportivas. Prova disso são os atletas de alto rendimento como Mohamed Salah, Gabriel Medina e Cristiano Ronaldo, que aderiram ao Pilates. Indo um pouco mais atrás, lembra do Stallone, famoso pelo personagem Rambo nos anos 80? Pois é, caro leitor, ele também é praticante assíduo do método.

E tem uma cerejinha nesse bolo todo que se chama Pilates. Mas vem cá? Posso já chegar falando de sexo assim, na estréia da coluna? Vou supor que sim!

O método Pilates tem um trabalho todo especial com a musculatura do assoalho pélvico, essa região que fica aí abaixo do abdômen, no seu sistema reprodutor. Quando bem condicionada é maravilhosa na hora H. De homens e mulheres! E aqui estou falando claramente de disposição e desempenho.

E, mais uma vez, disposição e desempenho, não têm gênero, e todos podem aproveitar. E aí? Bora marcar essa aula pra quando?

5 6 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Anterior
Próximo Mais Votados
Inline Feedbacks
Ver Todos

Arrasou