0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) novamente adiou a entrega do desvio na BR-304, interditada desde o final de março no município de Lajes devido às fortes chuvas na região.

A obra que teve início no dia 3 de abril estava prevista para ser entregue no meio do mesmo mês, posteriormente uma nova data foi estipulada, a previsão então passou a ser para o início de maio, mas o prazo também não foi cumprido. A obra deveria ter sido entregue no dia 10 desde mês, mas conforme todas as justificativas que foram dadas até o momento, a chuva atrapalhou o serviço, passando a ter mais um prazo de entrega, esta quarta-feira (15), onde novamente não foi cumprido e estabelecido um novo prazo, como emitido em nota pelo DNIT “nos próximos dias”, sem uma data definida.

Durante uma audiência pública na Assembleia Legislativa, o chefe do Serviço de Planejamento e Projetos do DNIT/RN, Francisco Igor Nunes, afirmou que o acesso estará pronto até a próxima sexta-feira (17). “A expectativa nossa é de que na próxima sexta-feira a gente consiga construir o serviço e abrir para o tráfego, em função da capacidade de execução é uma estimativa que a gente faz, esperamos que não chova e acredito que a gente consegue cumprir esse prazo”, declarou Nunes.

O DNIT divulgou que o cronograma de conclusão está sendo revisto devido a essas condições, reiterando a expectativa de concluir o serviço nos próximos dias.

O desvio, que terá 10,5 metros de largura, incluindo dois acostamentos de 1,5 metro cada, será pavimentado com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), proporcionando mais segurança aos usuários. A camada de CBUQ terá sete centímetros de espessura, permitindo a passagem de veículos pesados.

Enquanto a travessia da rodovia não for feita, a pista provisória será utilizada. Após isso, será incorporada como parte do canteiro de obras para a construção da nova ponte. O anteprojeto para a contratação emergencial da empresa responsável pela construção da ponte está em análise pela equipe técnica do DNIT, com previsão de início do processo de contratação no segundo semestre.

Desde o final de abril, um desvio construído em propriedade privada tem aliviado o tráfego na região, mas além de ser pago uma taxa, existe a demora para percorrer o percurso. A redação do O Potengi fez uma matéria sobre as condições deste percurso, para ler, clique aqui.

Rotas alternativas como a Estrada do Óleo também estão disponíveis para os motoristas. A orientação é que quem segue no sentido Natal-Mossoró utilize a BR-226/RN, passando por Currais Novos e Jucurutu (via Florânia) até Triunfo Potiguar, pela RN-233 até Açu, acessando a BR-304 em direção a Mossoró.

Já para quem vai no sentido Mossoró-Natal, a sugestão é sair pela BR-304/RN e acessar a RN-118 (acesso a Ipanguaçu) em direção a Macau, ingressando na BR-406/RN em direção à capital Natal. Outras rotas também estão disponíveis para minimizar os impactos da interdição na BR-304/RN.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Entrega de desvio na BR-304 é adiada pela terceira vez



O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) novamente adiou a entrega do desvio na BR-304, interditada desde o final de março no município de Lajes devido às fortes chuvas na região.

A obra que teve início no dia 3 de abril estava prevista para ser entregue no meio do mesmo mês, posteriormente uma nova data foi estipulada, a previsão então passou a ser para o início de maio, mas o prazo também não foi cumprido. A obra deveria ter sido entregue no dia 10 desde mês, mas conforme todas as justificativas que foram dadas até o momento, a chuva atrapalhou o serviço, passando a ter mais um prazo de entrega, esta quarta-feira (15), onde novamente não foi cumprido e estabelecido um novo prazo, como emitido em nota pelo DNIT “nos próximos dias”, sem uma data definida.

Durante uma audiência pública na Assembleia Legislativa, o chefe do Serviço de Planejamento e Projetos do DNIT/RN, Francisco Igor Nunes, afirmou que o acesso estará pronto até a próxima sexta-feira (17). “A expectativa nossa é de que na próxima sexta-feira a gente consiga construir o serviço e abrir para o tráfego, em função da capacidade de execução é uma estimativa que a gente faz, esperamos que não chova e acredito que a gente consegue cumprir esse prazo”, declarou Nunes.

O DNIT divulgou que o cronograma de conclusão está sendo revisto devido a essas condições, reiterando a expectativa de concluir o serviço nos próximos dias.

O desvio, que terá 10,5 metros de largura, incluindo dois acostamentos de 1,5 metro cada, será pavimentado com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), proporcionando mais segurança aos usuários. A camada de CBUQ terá sete centímetros de espessura, permitindo a passagem de veículos pesados.

Enquanto a travessia da rodovia não for feita, a pista provisória será utilizada. Após isso, será incorporada como parte do canteiro de obras para a construção da nova ponte. O anteprojeto para a contratação emergencial da empresa responsável pela construção da ponte está em análise pela equipe técnica do DNIT, com previsão de início do processo de contratação no segundo semestre.

Desde o final de abril, um desvio construído em propriedade privada tem aliviado o tráfego na região, mas além de ser pago uma taxa, existe a demora para percorrer o percurso. A redação do O Potengi fez uma matéria sobre as condições deste percurso, para ler, clique aqui.

Rotas alternativas como a Estrada do Óleo também estão disponíveis para os motoristas. A orientação é que quem segue no sentido Natal-Mossoró utilize a BR-226/RN, passando por Currais Novos e Jucurutu (via Florânia) até Triunfo Potiguar, pela RN-233 até Açu, acessando a BR-304 em direção a Mossoró.

Já para quem vai no sentido Mossoró-Natal, a sugestão é sair pela BR-304/RN e acessar a RN-118 (acesso a Ipanguaçu) em direção a Macau, ingressando na BR-406/RN em direção à capital Natal. Outras rotas também estão disponíveis para minimizar os impactos da interdição na BR-304/RN.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos