Imagem Complexo da rampa recebe Circuito Gastronômico – Foto:José Aldenir/Agora RN

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Com entrada gratuita, a programação cultural de Natal começa nesta quinta-feira (21). Acontece hoje o lançamento do 1º Circuito Gastronômico ‘Sabores da Serra’, às 17h, no Complexo Cultural da Rampa, no bairro de Santos Reis, em Natal. Além de experimentar deliciosas receitas, os visitantes poderão apreciar um dos pôr do sol mais bonito da cidade.

 E não acaba por aí, às 19h, na Pinacoteca do Estado, situada na Cidade Alta, a artista Ilanna Thalma realiza a abertura da exposição ‘De Repente Serpente’. Com obras que permitem apreciar a evolução artística de Ilanna, a exposição também contará com uma boa música.

Conheça mais sobre os eventos

Para efeito de organização e melhor acomodação do público no local, a produção do Circuito Gastronômico solicita que as pessoas confirmem presença, através de um link disponível na biografia do Instagram,@saboresdaserra_oficial.

 Realizado pelo Governo do Rio Grande do Norte em parceria com a Prefeitura de Cerro Corá e outras instituições, públicas e privadas, o 1° Circuito Gastronômico ‘Sabores da Serra’ será realizado nos dias 3 e 4 de maio

Abertura da Exposição

A exposição oferecerá aos visitantes uma jornada cronológica através do acervo pessoal da artista, desde suas primeiras obras aos 15 anos, em 2005, até suas criações mais recentes, a exposição abrange um período significativo, proporcionando uma análise contínua do processo evolutivo de Ilanna Thalma. A vernissage também contará com discotecagem pelo DJ Set Pajux.

Em suas assemblages (obras desenvolvidas com técnica de colagens e sobreposição de objetos) e instalações, Ilanna Thalma utiliza uma variedade de materiais contemporâneos, incluindo azulejos, pregos e ferros, para criar relicários e altares/oratórios.

Suas obras retratam grafismos e simbolismos de culturas e mitologias diversas, desde o Alfabeto Armorial até cosmogonias pré-históricas, como a Constelação de Sírius dos povos Dogon. Seus bordados, por outro lado, refletem sua sensibilidade essencial, incorporando referências escritas, poéticas e simbólicas, entrelaçando memórias de infância e ancestralidade, representando a paisagem do Seridó e seus mitos.

Ilanna Thalma, nascida em Ipueira/RN, traz consigo as influências de sua infância seridoense. Mudou-se para Natal na adolescência, onde reside atualmente, desenvolvendo seu estudo estético entre as regiões do estado. Além de seu trabalho artístico, em 2019, co-fundou a Kza Efêmera, a primeira Casa de Cultura de Patos/PB. Em 2020, realizou a Exposição e Instalação “Casa Velha I” em sua antiga residência familiar em Ipueira/RN, resultando em uma Vídeo Arte Exposição premiada em cinco festivais de cinema do estado.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Viu a boa de hoje? Tem programação cultural no Complexo da Rampa e na Pinacoteca do Estado 



Com entrada gratuita, a programação cultural de Natal começa nesta quinta-feira (21). Acontece hoje o lançamento do 1º Circuito Gastronômico ‘Sabores da Serra’, às 17h, no Complexo Cultural da Rampa, no bairro de Santos Reis, em Natal. Além de experimentar deliciosas receitas, os visitantes poderão apreciar um dos pôr do sol mais bonito da cidade.

 E não acaba por aí, às 19h, na Pinacoteca do Estado, situada na Cidade Alta, a artista Ilanna Thalma realiza a abertura da exposição ‘De Repente Serpente’. Com obras que permitem apreciar a evolução artística de Ilanna, a exposição também contará com uma boa música.

Conheça mais sobre os eventos

Para efeito de organização e melhor acomodação do público no local, a produção do Circuito Gastronômico solicita que as pessoas confirmem presença, através de um link disponível na biografia do Instagram,@saboresdaserra_oficial.

 Realizado pelo Governo do Rio Grande do Norte em parceria com a Prefeitura de Cerro Corá e outras instituições, públicas e privadas, o 1° Circuito Gastronômico ‘Sabores da Serra’ será realizado nos dias 3 e 4 de maio

Abertura da Exposição

A exposição oferecerá aos visitantes uma jornada cronológica através do acervo pessoal da artista, desde suas primeiras obras aos 15 anos, em 2005, até suas criações mais recentes, a exposição abrange um período significativo, proporcionando uma análise contínua do processo evolutivo de Ilanna Thalma. A vernissage também contará com discotecagem pelo DJ Set Pajux.

Em suas assemblages (obras desenvolvidas com técnica de colagens e sobreposição de objetos) e instalações, Ilanna Thalma utiliza uma variedade de materiais contemporâneos, incluindo azulejos, pregos e ferros, para criar relicários e altares/oratórios.

Suas obras retratam grafismos e simbolismos de culturas e mitologias diversas, desde o Alfabeto Armorial até cosmogonias pré-históricas, como a Constelação de Sírius dos povos Dogon. Seus bordados, por outro lado, refletem sua sensibilidade essencial, incorporando referências escritas, poéticas e simbólicas, entrelaçando memórias de infância e ancestralidade, representando a paisagem do Seridó e seus mitos.

Ilanna Thalma, nascida em Ipueira/RN, traz consigo as influências de sua infância seridoense. Mudou-se para Natal na adolescência, onde reside atualmente, desenvolvendo seu estudo estético entre as regiões do estado. Além de seu trabalho artístico, em 2019, co-fundou a Kza Efêmera, a primeira Casa de Cultura de Patos/PB. Em 2020, realizou a Exposição e Instalação “Casa Velha I” em sua antiga residência familiar em Ipueira/RN, resultando em uma Vídeo Arte Exposição premiada em cinco festivais de cinema do estado.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos