Sangria de reservatórios transforma paisagens no RN
Imagem Sangria de sete reservatórios transforma paisagens

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

As intensas chuvas que vêm ocorrendo no RN estão promovendo uma  transformação nas paisagens do interior do estado, além de contribuírem significativamente para a recarga dos reservatórios, essenciais para a subsistência dos habitantes locais. 

Segundo dados fornecidos pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), até o momento, sete desses reservatórios já alcançaram seu ponto de sangria este ano.

O mais recente a transbordar foi o Açude Dourado, em Currais Novos, na noite de quinta-feira passada (14), trazendo alegria para toda a comunidade da região. 

Esse excedente hídrico do Dourado segue seu curso em direção ao emblemático açude Gargalheiras, em Acari.

Além do Dourado, outras importantes barragens atingiram sua capacidade máxima na mesma semana, incluindo a barragem Campo Grande, em São Paulo do Potengi, e o Açude Público de Encanto. 

No dia anterior, o açude Passagem, em Rodolfo Fernandes, já havia alcançado seu limite de armazenamento.

Outros reservatórios que já transbordaram em 2024 incluem o açude Santa Cruz do Trairi, em Santa Cruz, atingindo 100% de sua capacidade em 11 de março; o Beldroega, em Paraú, em 08 de março; e o açude Pataxó, em Ipanguaçu, em 28 de fevereiro.

Além desses, outros mananciais importantes continuam a registrar aumentos em seus níveis de água. A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior do estado, está atualmente com 57,21% de sua capacidade. 

A barragem Santa Cruz do Apodi, por sua vez, tem 60,54% da capacidade, enquanto a barragem Umari, em Upanema, alcançou 77,22% de sua capacidade, fornecendo água para o Oeste, Médio Oeste e Alto Oeste do estado.

Outros reservatórios monitorados pelo Igarn, com níveis superiores a 70% de sua capacidade, incluem o Mendubim, em Assu, com 79,15%; a barragem de Pau dos Ferros, com 71,13%; o açude Flechas, em José da Penha, com 73,19%; e Malhada Vermelha, em Severiano Melo, com 85,56%.

O icônico açude Gargalheiras, em Acari, está recebendo as águas excedentes do açude Dourado. Atualmente, o reservatório está com 24,7% de sua capacidade, representando um aumento significativo em relação aos 1,42% registrados em 15 de fevereiro.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Sangria de reservatórios transforma paisagens no RN



Sangria de reservatórios transforma paisagens no RN

As intensas chuvas que vêm ocorrendo no RN estão promovendo uma  transformação nas paisagens do interior do estado, além de contribuírem significativamente para a recarga dos reservatórios, essenciais para a subsistência dos habitantes locais. 

Segundo dados fornecidos pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), até o momento, sete desses reservatórios já alcançaram seu ponto de sangria este ano.

O mais recente a transbordar foi o Açude Dourado, em Currais Novos, na noite de quinta-feira passada (14), trazendo alegria para toda a comunidade da região. 

Esse excedente hídrico do Dourado segue seu curso em direção ao emblemático açude Gargalheiras, em Acari.

Além do Dourado, outras importantes barragens atingiram sua capacidade máxima na mesma semana, incluindo a barragem Campo Grande, em São Paulo do Potengi, e o Açude Público de Encanto. 

No dia anterior, o açude Passagem, em Rodolfo Fernandes, já havia alcançado seu limite de armazenamento.

Outros reservatórios que já transbordaram em 2024 incluem o açude Santa Cruz do Trairi, em Santa Cruz, atingindo 100% de sua capacidade em 11 de março; o Beldroega, em Paraú, em 08 de março; e o açude Pataxó, em Ipanguaçu, em 28 de fevereiro.

Além desses, outros mananciais importantes continuam a registrar aumentos em seus níveis de água. A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior do estado, está atualmente com 57,21% de sua capacidade. 

A barragem Santa Cruz do Apodi, por sua vez, tem 60,54% da capacidade, enquanto a barragem Umari, em Upanema, alcançou 77,22% de sua capacidade, fornecendo água para o Oeste, Médio Oeste e Alto Oeste do estado.

Outros reservatórios monitorados pelo Igarn, com níveis superiores a 70% de sua capacidade, incluem o Mendubim, em Assu, com 79,15%; a barragem de Pau dos Ferros, com 71,13%; o açude Flechas, em José da Penha, com 73,19%; e Malhada Vermelha, em Severiano Melo, com 85,56%.

O icônico açude Gargalheiras, em Acari, está recebendo as águas excedentes do açude Dourado. Atualmente, o reservatório está com 24,7% de sua capacidade, representando um aumento significativo em relação aos 1,42% registrados em 15 de fevereiro.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos