0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Com eleição marcada para o próximo dia 27 (sábado), o Sicoob Potiguar está ameaçado pela ofensiva de um grupo empresarial que já promove ações hostis às cooperativas de saúde em Mossoró.

Por trás da chapa 2, que concorre ao pleito, está o empresário Francisco Diego Costa Dantas, conhecido como Diego da SAMA. A SAMA em questão é a Serviços de Assistência Medica e Ambulatorial Sama S.A., da qual Diego é dirigente.

Diego da SAMA também é sócio de outras empresas, tanto na área de saúde quanto na construção civil.

Ao fundo da propaganda da Chapa 2, quem aparece todo sorridente é ele: Diego da SAMA, o empresário que agora deseja comandar as cooperativas.

Após ter envolvimento em uma disputa por contratos do Hospital Tarcísio Maia, quando prejudicaram profissionais e pacientes, agora o grupo empresarial de Mossoró que assumir o monopólio do sistema financeiro das cooperativas. Mais um passo ousado na tentativa de controlar a concorrência e dominar os serviços de saúde, submetendo cooperativas e associados aos interesses do grupo empresarial.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



SAMA tenta tomar o controle do Sicoob Potiguar



Com eleição marcada para o próximo dia 27 (sábado), o Sicoob Potiguar está ameaçado pela ofensiva de um grupo empresarial que já promove ações hostis às cooperativas de saúde em Mossoró.

Por trás da chapa 2, que concorre ao pleito, está o empresário Francisco Diego Costa Dantas, conhecido como Diego da SAMA. A SAMA em questão é a Serviços de Assistência Medica e Ambulatorial Sama S.A., da qual Diego é dirigente.

Diego da SAMA também é sócio de outras empresas, tanto na área de saúde quanto na construção civil.

Ao fundo da propaganda da Chapa 2, quem aparece todo sorridente é ele: Diego da SAMA, o empresário que agora deseja comandar as cooperativas.

Após ter envolvimento em uma disputa por contratos do Hospital Tarcísio Maia, quando prejudicaram profissionais e pacientes, agora o grupo empresarial de Mossoró que assumir o monopólio do sistema financeiro das cooperativas. Mais um passo ousado na tentativa de controlar a concorrência e dominar os serviços de saúde, submetendo cooperativas e associados aos interesses do grupo empresarial.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos