Relicitação do Terminal Pesqueiro do RN é autorizada pelo MPA



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Anterior
Próximo Mais Votados
Inline Feedbacks
Ver Todos

Imagem Foto: Reprodução

O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) autorizou a relicitação do Terminal Pesqueiro Público (TPP) do Rio Grande do Norte. O processo, atualmente em revisão, será conduzido em parceria com o Governo do Estado.

A sessão pública do leilão, que estava marcada para 25 de junho, foi cancelada após a análise da documentação pela B3/SP. A única empresa interessada, sediada em Natal, apresentou inconformidades que inviabilizaram a cessão do terminal. O MPA esclareceu que o leilão não foi declarado deserto, ressaltando a importância da concessão para melhorar as condições de trabalho da comunidade pesqueira local e os serviços prestados à população.

A parceria entre o MPA e o Governo do Rio Grande do Norte visa garantir a continuidade e eficiência das operações no TPP. Esta colaboração é vista como crucial para a promoção do desenvolvimento sustentável e o fortalecimento da infraestrutura pesqueira no estado.

Nas redes sociais, a governadora Fátima Bezerra expressou sua gratidão ao ministro André de Paula pela colaboração e reconhecimento dos esforços estaduais nesta questão. A governadora destacou a importância do terminal pesqueiro para a economia local e a melhoria das condições de trabalho para os pescadores.

Com a autorização da relicitação, o MPA e o Governo do RN trabalharão juntos para resolver as pendências e garantir que o próximo leilão seja bem-sucedido. A expectativa é que a nova concessão traga investimentos significativos e melhorias nas operações do terminal, beneficiando diretamente a comunidade pesqueira e a economia regional.








O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte


Relicitação do Terminal Pesqueiro do RN é autorizada pelo MPA



Imagem Foto: Reprodução


O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) autorizou a relicitação do Terminal Pesqueiro Público (TPP) do Rio Grande do Norte. O processo, atualmente em revisão, será conduzido em parceria com o Governo do Estado.

A sessão pública do leilão, que estava marcada para 25 de junho, foi cancelada após a análise da documentação pela B3/SP. A única empresa interessada, sediada em Natal, apresentou inconformidades que inviabilizaram a cessão do terminal. O MPA esclareceu que o leilão não foi declarado deserto, ressaltando a importância da concessão para melhorar as condições de trabalho da comunidade pesqueira local e os serviços prestados à população.

A parceria entre o MPA e o Governo do Rio Grande do Norte visa garantir a continuidade e eficiência das operações no TPP. Esta colaboração é vista como crucial para a promoção do desenvolvimento sustentável e o fortalecimento da infraestrutura pesqueira no estado.

Nas redes sociais, a governadora Fátima Bezerra expressou sua gratidão ao ministro André de Paula pela colaboração e reconhecimento dos esforços estaduais nesta questão. A governadora destacou a importância do terminal pesqueiro para a economia local e a melhoria das condições de trabalho para os pescadores.

Com a autorização da relicitação, o MPA e o Governo do RN trabalharão juntos para resolver as pendências e garantir que o próximo leilão seja bem-sucedido. A expectativa é que a nova concessão traga investimentos significativos e melhorias nas operações do terminal, beneficiando diretamente a comunidade pesqueira e a economia regional.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Anterior
Próximo Mais Votados
Inline Feedbacks
Ver Todos