Polícia intensifica busca por foragidos de Mossoró na divisa com o Ceará - Vó faz apelo
Imagem Polícia intensifica busca por foragidos de Mossoró na divisa com o Ceará – Vó faz apelo

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

As autoridades policiais que estão atuando na busca pelos dois foragidos da Penitenciária Federal de Mossoró redobraram os esforços na tentativa de localizar Rogério Mendonça e Deibson Nascimento.

A Força-tarefa se concentra agora na região de Baraúna, próximo à divisa com o Ceará. 

Hoje, segunda-feira, 19, é o sexto dia de buscas intensas.

A fuga

A fuga dos dois presos, ocorrida na última quarta-feira, representa o primeiro incidente deste tipo na história do sistema penitenciário federal desde sua criação em 2006.

A operação mobiliza helicópteros, drones, cães farejadores e outros equipamentos de alta tecnologia, além de mais de 500 agentes das forças de segurança estaduais e federais.

No final da tarde de domingo (18), houve uma intensa mobilização policial, incluindo o uso de drones e helicópteros, em uma propriedade privada em Baraúna, mas nada foi encontrado.

Os fugitivos foram vistos pela última vez na noite de sexta-feira, 16, quando invadiram uma residência, fizeram os moradores de reféns, jantaram e fugiram levando dois celulares, alimentos e água.

Apelo da Avó

Tereza Padilha Silva, 86 anos, avó de Rogério Mendonça da Silva, 35 anos, um dos foragidos, disse em entrevista temer pela vida do neto.

A avó teme que o neto e seu comparsa sejam mortos em uma ação policial. Em sua opinião, fugas como essa geralmente terminam em tragédia, e é por isso que ela insiste para que Rogério se entregue pacificamente.

Ela reside no Ramal de Cassirian, no Acre, onde criou o neto desde os seis anos de idade e faz um apelo: que ele se entregue às autoridades para cumprir sua pena e assim ela teria a garantia de que ele está vivo.

Para dona Tereza, seu neto não é o monstro que estão pintando e, em um vídeo gravado para uma emissora de TV, ela afirma que o neto fugiu porque “a polícia descuidou”.

Fonte: Redação

Imagem: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Polícia intensifica busca por foragidos de Mossoró na divisa com o Ceará – Vó faz apelo



Polícia intensifica busca por foragidos de Mossoró na divisa com o Ceará - Vó faz apelo

As autoridades policiais que estão atuando na busca pelos dois foragidos da Penitenciária Federal de Mossoró redobraram os esforços na tentativa de localizar Rogério Mendonça e Deibson Nascimento.

A Força-tarefa se concentra agora na região de Baraúna, próximo à divisa com o Ceará. 

Hoje, segunda-feira, 19, é o sexto dia de buscas intensas.

A fuga

A fuga dos dois presos, ocorrida na última quarta-feira, representa o primeiro incidente deste tipo na história do sistema penitenciário federal desde sua criação em 2006.

A operação mobiliza helicópteros, drones, cães farejadores e outros equipamentos de alta tecnologia, além de mais de 500 agentes das forças de segurança estaduais e federais.

No final da tarde de domingo (18), houve uma intensa mobilização policial, incluindo o uso de drones e helicópteros, em uma propriedade privada em Baraúna, mas nada foi encontrado.

Os fugitivos foram vistos pela última vez na noite de sexta-feira, 16, quando invadiram uma residência, fizeram os moradores de reféns, jantaram e fugiram levando dois celulares, alimentos e água.

Apelo da Avó

Tereza Padilha Silva, 86 anos, avó de Rogério Mendonça da Silva, 35 anos, um dos foragidos, disse em entrevista temer pela vida do neto.

A avó teme que o neto e seu comparsa sejam mortos em uma ação policial. Em sua opinião, fugas como essa geralmente terminam em tragédia, e é por isso que ela insiste para que Rogério se entregue pacificamente.

Ela reside no Ramal de Cassirian, no Acre, onde criou o neto desde os seis anos de idade e faz um apelo: que ele se entregue às autoridades para cumprir sua pena e assim ela teria a garantia de que ele está vivo.

Para dona Tereza, seu neto não é o monstro que estão pintando e, em um vídeo gravado para uma emissora de TV, ela afirma que o neto fugiu porque “a polícia descuidou”.

Fonte: Redação

Imagem: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos