Imagem Reprodução/Web

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Oscar 2024 teria sido um dos mais premiados da história da Academia (dez filmes ganharam pelo menos uma estatueta), se não fosse a presença de Oppenheimer, que levou sete premiações e se tornou o grande vencedor da noite.

O filme, uma produção caprichada de Christopher Nolan, além de obter a conquista máxima, de Melhor Filme, foi vitoriosa também em Melhor Edição, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Ator e Melhor Direção. Para muitos, foi um alívio finalmente ver figuras como o próprio Nolan e o ator irlandês Cillian Murphy levantando estatuetas, dado que são duas figuras consagradas que ainda não haviam sentido esse gostinho.

O segundo lugar ficou a Pobres Criaturas, de Yorgos Lanthimos, que concorreu em onze categorias e venceu quatro (Melhor Design de Produção, Melhor Cabelo e Maquiagem, Melhor Figurino e Melhor Atriz). O outro filme que arrecadou mais de um Oscar foi Zona de Interesse, que recebeu duas estatuetas (Melhor Som e Melhor Filme Internacional)

O ponto baixo ficou para o ótimo filme Assassinos da Lua das Flores, que concorreu a dez categorias e não venceu nenhuma. Martin Scorcese virou inclusive piada por aparecer cochilando na premiação. Zueiras à parte, é sempre feliz vê-lo na cerimônia; lembremo-nos que Scorcese, mesmo tendo vencido apenas uma vez (Os Infiltrados, em 2006), ele é uma das grandes figuras do cinema, com mais de quinze indicações durante a carreira.

Para conferir mais matérias sobre o que rola no mundo, clique aqui.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Oppenheimer, grande vencedor do Oscar 2024



O Oscar 2024 teria sido um dos mais premiados da história da Academia (dez filmes ganharam pelo menos uma estatueta), se não fosse a presença de Oppenheimer, que levou sete premiações e se tornou o grande vencedor da noite.

O filme, uma produção caprichada de Christopher Nolan, além de obter a conquista máxima, de Melhor Filme, foi vitoriosa também em Melhor Edição, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Ator e Melhor Direção. Para muitos, foi um alívio finalmente ver figuras como o próprio Nolan e o ator irlandês Cillian Murphy levantando estatuetas, dado que são duas figuras consagradas que ainda não haviam sentido esse gostinho.

O segundo lugar ficou a Pobres Criaturas, de Yorgos Lanthimos, que concorreu em onze categorias e venceu quatro (Melhor Design de Produção, Melhor Cabelo e Maquiagem, Melhor Figurino e Melhor Atriz). O outro filme que arrecadou mais de um Oscar foi Zona de Interesse, que recebeu duas estatuetas (Melhor Som e Melhor Filme Internacional)

O ponto baixo ficou para o ótimo filme Assassinos da Lua das Flores, que concorreu a dez categorias e não venceu nenhuma. Martin Scorcese virou inclusive piada por aparecer cochilando na premiação. Zueiras à parte, é sempre feliz vê-lo na cerimônia; lembremo-nos que Scorcese, mesmo tendo vencido apenas uma vez (Os Infiltrados, em 2006), ele é uma das grandes figuras do cinema, com mais de quinze indicações durante a carreira.

Para conferir mais matérias sobre o que rola no mundo, clique aqui.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos