Imagem Foto: Reprodução\ Instagram

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O potiguar Mateus Sena começou a temporada de surfe 2024/2025 assumindo a vice-liderança do ranking da WSL South America, que decide os títulos sul-americanos e classifica 7 homens e 3 mulheres para o Challenger Series, divisão de acesso para a elite do Championship Tour (CT).

Sena disputou a final no último domingo (17), contra o catarinense Matheus Navarro, na Praia dos Molhes, em Torres, Rio Grande do Sul.

“Eu comecei o ano perdendo de cara, na primeira fase lá em Floripa e eu tava disputando o acesso pro Challenger Series. Pra gente que corre o QS é o maior objetivo, então comecei o ano com um baque gigante e uma semana depois já tinha outro evento”, contou Mateus Sena, no seu primeiro pódio no Circuito Banco do Brasil de Surfe.

As condições do mar na Praia dos Molhes, ficaram parecidas com as de Ponta Negra, em Natal, onde Mateus surgiu junto com o Samuel Joca, o mais jovem entre os 8 classificados para o domingo.

Sena usou os aéreos para ganhar o duelo potiguar e a nota 8,50 contra Leo Casal nas semifinais. Na final, não entraram muitas ondas boas para voar e Matheus Navarro venceu com as duas únicas que surfou.

“A gente não tem tempo nem de chorar, já começa outro evento e foi com emoção nas primeiras baterias. Só quem está perto de mim sabe o quanto eu precisava disso aqui, de subir nesse pódio pela primeira vez no QS. Torres é um lugar animal, adorei conhecer, quero muito voltar aqui, fui superbem recebido pela galera local e o pico de vocês é irado!”, disse Sena.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Mateus Sena conquista vice-liderança no ranking sul-americano de surfe



O potiguar Mateus Sena começou a temporada de surfe 2024/2025 assumindo a vice-liderança do ranking da WSL South America, que decide os títulos sul-americanos e classifica 7 homens e 3 mulheres para o Challenger Series, divisão de acesso para a elite do Championship Tour (CT).

Sena disputou a final no último domingo (17), contra o catarinense Matheus Navarro, na Praia dos Molhes, em Torres, Rio Grande do Sul.

“Eu comecei o ano perdendo de cara, na primeira fase lá em Floripa e eu tava disputando o acesso pro Challenger Series. Pra gente que corre o QS é o maior objetivo, então comecei o ano com um baque gigante e uma semana depois já tinha outro evento”, contou Mateus Sena, no seu primeiro pódio no Circuito Banco do Brasil de Surfe.

As condições do mar na Praia dos Molhes, ficaram parecidas com as de Ponta Negra, em Natal, onde Mateus surgiu junto com o Samuel Joca, o mais jovem entre os 8 classificados para o domingo.

Sena usou os aéreos para ganhar o duelo potiguar e a nota 8,50 contra Leo Casal nas semifinais. Na final, não entraram muitas ondas boas para voar e Matheus Navarro venceu com as duas únicas que surfou.

“A gente não tem tempo nem de chorar, já começa outro evento e foi com emoção nas primeiras baterias. Só quem está perto de mim sabe o quanto eu precisava disso aqui, de subir nesse pódio pela primeira vez no QS. Torres é um lugar animal, adorei conhecer, quero muito voltar aqui, fui superbem recebido pela galera local e o pico de vocês é irado!”, disse Sena.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos