0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A edição impressa do O Potengi, lançada na segunda-feira, 22, trouxe uma série de reportagens sobre o caos em que se encontra a saúde pública do RN. Uma destas reportagens, “Empresas de cubanos têm mais de R$ 80 mi em contratos”, traz a opinião e declarações da coordenadora do Sindsaúde, Rosália Fernandes, sobre a ascensão da empresa Justiz Terceirização dentro da saúde pública do RN.

Após o lançamento e ampla divulgação do impresso, a empresa Justiz Terceirização solicitou um direito de resposta, que foi prontamente atendido.

Segue o texto na íntegra:

“Em resposta a citação na matéria “Empresa de cubanos têm mais de R$ 80 mi de contratos”, a Justiz Terceirização ressalta que possui contratos não apenas com o governo do RN, mas também com outros estados e inúmeras prefeituras espalhadas nas cinco regiões brasileiras. A empresa faz parte de um grupo com outras sociedades que está há 20 anos trazendo soluções para o mercado de trabalho e gerando cerca de 4 mil empregos nas áreas de saúde, engenharia, arquitetura, limpeza, dentre tantas atividades. A Justiz ainda lamenta que a nacionalidade dos seus sócios seja utilizada de forma pejorativa por este veículo e refuta qualquer comentário que questione a legalidade da sua participação em contratos, uma vez que toda a sua operação acontece com o que preconiza a lei.”

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Justiz Terceirização emite nota sobre matéria de O Potengi



A edição impressa do O Potengi, lançada na segunda-feira, 22, trouxe uma série de reportagens sobre o caos em que se encontra a saúde pública do RN. Uma destas reportagens, “Empresas de cubanos têm mais de R$ 80 mi em contratos”, traz a opinião e declarações da coordenadora do Sindsaúde, Rosália Fernandes, sobre a ascensão da empresa Justiz Terceirização dentro da saúde pública do RN.

Após o lançamento e ampla divulgação do impresso, a empresa Justiz Terceirização solicitou um direito de resposta, que foi prontamente atendido.

Segue o texto na íntegra:

“Em resposta a citação na matéria “Empresa de cubanos têm mais de R$ 80 mi de contratos”, a Justiz Terceirização ressalta que possui contratos não apenas com o governo do RN, mas também com outros estados e inúmeras prefeituras espalhadas nas cinco regiões brasileiras. A empresa faz parte de um grupo com outras sociedades que está há 20 anos trazendo soluções para o mercado de trabalho e gerando cerca de 4 mil empregos nas áreas de saúde, engenharia, arquitetura, limpeza, dentre tantas atividades. A Justiz ainda lamenta que a nacionalidade dos seus sócios seja utilizada de forma pejorativa por este veículo e refuta qualquer comentário que questione a legalidade da sua participação em contratos, uma vez que toda a sua operação acontece com o que preconiza a lei.”


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos