Imagem Governo do RN sanciona lei para criação de vagas – Foto: Reprodução

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) ampliou sua equipe com a criação de 180 novos cargos efetivos, aprovados por meio da Lei Complementar Nº 751, sancionada pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (19). As vagas serão preenchidas por meio de concurso público, com salário inicial de R$ 4.882,69, podendo chegar a R$ 7.655,42 por meio de progressão de carreira, conforme divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Do total de vagas criadas, 113 são para o cargo de Analista Ambiental, 27 para Analista Administrativo e 40 para Fiscal Ambiental. Para todas as posições, é necessário possuir diploma de curso superior ou habilitação equivalente nas áreas especificadas, além de registro em Conselho de Classe, conforme indicado no edital normativo do concurso.

Os Analistas Ambientais terão como foco a execução, coordenação e supervisão da Política Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Norte. Suas responsabilidades incluem regular, controlar, licenciar e avaliar impactos ambientais, conduzir auditorias ambientais e estabelecer padrões e parâmetros para o monitoramento ambiental.

Os Analistas Administrativos serão encarregados de todas as atividades administrativas e logísticas relacionadas às competências legais do Idema RN. Enquanto isso, os Fiscais Ambientais serão responsáveis por atividades relacionadas ao exercício do poder de polícia ambiental do Instituto, como fiscalização e monitoramento de atividades potencialmente poluidoras autorizadas e/ou licenciadas.

A nova lei entra em vigor nesta sexta-feira, conforme sua data de publicação.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Idema cria 180 novos cargos efetivos, vagas serão preenchidas através de concurso



O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) ampliou sua equipe com a criação de 180 novos cargos efetivos, aprovados por meio da Lei Complementar Nº 751, sancionada pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (19). As vagas serão preenchidas por meio de concurso público, com salário inicial de R$ 4.882,69, podendo chegar a R$ 7.655,42 por meio de progressão de carreira, conforme divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Do total de vagas criadas, 113 são para o cargo de Analista Ambiental, 27 para Analista Administrativo e 40 para Fiscal Ambiental. Para todas as posições, é necessário possuir diploma de curso superior ou habilitação equivalente nas áreas especificadas, além de registro em Conselho de Classe, conforme indicado no edital normativo do concurso.

Os Analistas Ambientais terão como foco a execução, coordenação e supervisão da Política Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Norte. Suas responsabilidades incluem regular, controlar, licenciar e avaliar impactos ambientais, conduzir auditorias ambientais e estabelecer padrões e parâmetros para o monitoramento ambiental.

Os Analistas Administrativos serão encarregados de todas as atividades administrativas e logísticas relacionadas às competências legais do Idema RN. Enquanto isso, os Fiscais Ambientais serão responsáveis por atividades relacionadas ao exercício do poder de polícia ambiental do Instituto, como fiscalização e monitoramento de atividades potencialmente poluidoras autorizadas e/ou licenciadas.

A nova lei entra em vigor nesta sexta-feira, conforme sua data de publicação.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos