Imagem Foto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Na madrugada desta segunda-feira (13), um servidor do Ministério Público Federal do Amapá foi preso por desacato e acabou destruindo a cela onde foi colocado na Central de Flagrantes.

Segundo informações da Polícia Civil, o incidente teve início quando o homem, que estava em um bar na Avenida Roberto Freire, em Ponta Negra, acionou uma viatura da PM alegando ter sido vítima de um roubo. Entretanto, após ouvirem testemunhas e não encontrarem indícios do roubo, os policiais constataram que não havia fundamento na denúncia.

Foi nesse momento que o servidor teria se exaltado e desacatado os policiais, o que resultou em sua detenção. Conduzido à Delegacia de Plantão da Zona Sul, o homem continuou a manifestar comportamento agressivo e de desrespeito, chegando ao ponto de ameaçar os policiais e se recusar a permanecer na cela.

De acordo com o relato dos policiais civis, o servidor então passou a destruir parte da cela com socos e chutes, causando danos materiais consideráveis. Apesar de afirmar inicialmente ser servidor da área de segurança do Ministério Público do Acre, verificou-se que ele, na verdade, é servidor do Ministério Público Federal do Amapá, conforme registros no Portal da Transparência.

Diante da situação, o homemoto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi foi retirado da cela e algemado a um banco. Durante o ocorrido, ele teria afirmado ganhar mais que o delegado e que teria recursos para pagar os danos causados.

O homem ainda alegou estar em Natal para realizar um curso de operação de drone.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Homem é preso por desacato e destrói cela de delegacia em Natal



Na madrugada desta segunda-feira (13), um servidor do Ministério Público Federal do Amapá foi preso por desacato e acabou destruindo a cela onde foi colocado na Central de Flagrantes.

Segundo informações da Polícia Civil, o incidente teve início quando o homem, que estava em um bar na Avenida Roberto Freire, em Ponta Negra, acionou uma viatura da PM alegando ter sido vítima de um roubo. Entretanto, após ouvirem testemunhas e não encontrarem indícios do roubo, os policiais constataram que não havia fundamento na denúncia.

Foi nesse momento que o servidor teria se exaltado e desacatado os policiais, o que resultou em sua detenção. Conduzido à Delegacia de Plantão da Zona Sul, o homem continuou a manifestar comportamento agressivo e de desrespeito, chegando ao ponto de ameaçar os policiais e se recusar a permanecer na cela.

De acordo com o relato dos policiais civis, o servidor então passou a destruir parte da cela com socos e chutes, causando danos materiais consideráveis. Apesar de afirmar inicialmente ser servidor da área de segurança do Ministério Público do Acre, verificou-se que ele, na verdade, é servidor do Ministério Público Federal do Amapá, conforme registros no Portal da Transparência.

Diante da situação, o homemoto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi foi retirado da cela e algemado a um banco. Durante o ocorrido, ele teria afirmado ganhar mais que o delegado e que teria recursos para pagar os danos causados.

O homem ainda alegou estar em Natal para realizar um curso de operação de drone.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos