Imagem Previsão é de R$ 1.502 – Foto: Fábio Rodrigues – Pozzebom/ Agência Brasil

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou na tarde desta segunda-feira (15) que o Governo Federal prevê o salário mínimo de 2025 passe a ser R$ 1.502, e, busca atingir um déficit primário zero. Essa declaração foi feita durante uma entrevista ao programa “Estúdio i”, da Globonews.

O aumento previsto representa 6,37% em relação ao salário mínimo atual de R$ 1.412, o que equivale a um acréscimo de R$ 90. No entanto, essa projeção está sujeita a mudanças, já que o valor é calculado com base na inflação acumulada até novembro do ano anterior, ou seja, 2024, e na revisão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2023.

Sobre o objetivo de alcançar um déficit zero, o ministro Haddad destacou que, diferente da projeção anterior de um superávit de 0,5% do PIB em 2025, o presidente Lula não abandonou a ideia de superávit durante seu mandato e ainda tem o ano de 2026 para buscá-lo.

Essas projeções serão incluídas no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025, a ser enviado ainda hoje ao Congresso Nacional. Haddad pediu desculpas por antecipar os números antes da divulgação oficial pelo Ministério do Planejamento, mas ressaltou que os dados já haviam sido vazados para a imprensa.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Governo Federal prevê aumento no salário mínimo para 2025



O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou na tarde desta segunda-feira (15) que o Governo Federal prevê o salário mínimo de 2025 passe a ser R$ 1.502, e, busca atingir um déficit primário zero. Essa declaração foi feita durante uma entrevista ao programa “Estúdio i”, da Globonews.

O aumento previsto representa 6,37% em relação ao salário mínimo atual de R$ 1.412, o que equivale a um acréscimo de R$ 90. No entanto, essa projeção está sujeita a mudanças, já que o valor é calculado com base na inflação acumulada até novembro do ano anterior, ou seja, 2024, e na revisão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2023.

Sobre o objetivo de alcançar um déficit zero, o ministro Haddad destacou que, diferente da projeção anterior de um superávit de 0,5% do PIB em 2025, o presidente Lula não abandonou a ideia de superávit durante seu mandato e ainda tem o ano de 2026 para buscá-lo.

Essas projeções serão incluídas no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025, a ser enviado ainda hoje ao Congresso Nacional. Haddad pediu desculpas por antecipar os números antes da divulgação oficial pelo Ministério do Planejamento, mas ressaltou que os dados já haviam sido vazados para a imprensa.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos