Imagem Reprodução/Web

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Governo do Rio Grande do Norte comunicou ontem (27) a forma de implantação do piso do magistério. O reajuste será de 3,62%, de acordo com a portaria nº 61/2024, do Ministério da Educação. Sendo assim, para uma jornada de 40 horas, o salário será de R$ 4.580,57.

Cerca de 1.600 professores ainda recebem abaixo deste valor, e eles receberão o reajuste de maneira integral – incluindo o retroativo – já na folha de março. Os demais professores, que contam com o vencimento atual acima do valor do piso proporcional à jornada de 30 horas serão contemplados após projeto de lei do reajuste ser encaminhado para a Assembleia Legislativa e aprovado pelos parlamentares.

A pergunta que tem gerado muitos questionamentos nas redes sociais do governo do estado e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, no entanto, é outra: e o concurso? Quantos meses já faz que a governadora anunciou o certame e ele ainda não foi publicado? Já vai fazer um ano que a Secretária de Educação afirmou que o concurso para reposição de professores estava na ordem do dia e até agora nada. Importante frisar que o último concurso, realizado em 2015, já está vencido. Hoje, só professor temporário pode entrar em atividade no estado.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Governo do estado anuncia o reajuste do piso salarial dos professores. E o concurso?



O Governo do Rio Grande do Norte comunicou ontem (27) a forma de implantação do piso do magistério. O reajuste será de 3,62%, de acordo com a portaria nº 61/2024, do Ministério da Educação. Sendo assim, para uma jornada de 40 horas, o salário será de R$ 4.580,57.

Cerca de 1.600 professores ainda recebem abaixo deste valor, e eles receberão o reajuste de maneira integral – incluindo o retroativo – já na folha de março. Os demais professores, que contam com o vencimento atual acima do valor do piso proporcional à jornada de 30 horas serão contemplados após projeto de lei do reajuste ser encaminhado para a Assembleia Legislativa e aprovado pelos parlamentares.

A pergunta que tem gerado muitos questionamentos nas redes sociais do governo do estado e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, no entanto, é outra: e o concurso? Quantos meses já faz que a governadora anunciou o certame e ele ainda não foi publicado? Já vai fazer um ano que a Secretária de Educação afirmou que o concurso para reposição de professores estava na ordem do dia e até agora nada. Importante frisar que o último concurso, realizado em 2015, já está vencido. Hoje, só professor temporário pode entrar em atividade no estado.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos