Imagem Reprodução/internet

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A governadora Fátima Bezerra (PT) precisa urgentemente mudar seu estilo de comunicação. Presa ao modelo de comunicação institucional tradicional, a petista vem levando a pior no debate público.

O governo Fátima vem sendo culpando por basicamente todas as mazelas estaduais, mesmo aquelas que não são de responsabilidade de sua administração.

Desde a onda de violência que tomou de conta do estado, no início do ano passado, começo do 2º mandato da governadora, que Fátima não conseguiu melhorar sua popularidade. Os números de ruim/péssimo de seu governo, medidos por diferentes pesquisas, são assombrosos.

A governante precisa com urgência recalibrar sua comunicação. O governo se comunica muito mal, nem mesmo os números de diminuição nos índices de violência, tema geralmente número 1 na opinião pública, divulgados nos últimos meses, a gestão estadual soube tirar proveito.

Do jeito que está, o petismo estadual chegará 2026 com chances esquálidas nas disputas majoritárias de governo e senado, a direita é quem agradece.

Fátima está apagada, nem de longe lembra a candidata que brilhou e dominou o palco da eleição de 2022, reeleita com a maior votação da história do estado. Está faltando tato político a líder da esquerda potiguar.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Governadora Fátima Bezerra vem perdendo batalha da comunicação



A governadora Fátima Bezerra (PT) precisa urgentemente mudar seu estilo de comunicação. Presa ao modelo de comunicação institucional tradicional, a petista vem levando a pior no debate público.

O governo Fátima vem sendo culpando por basicamente todas as mazelas estaduais, mesmo aquelas que não são de responsabilidade de sua administração.

Desde a onda de violência que tomou de conta do estado, no início do ano passado, começo do 2º mandato da governadora, que Fátima não conseguiu melhorar sua popularidade. Os números de ruim/péssimo de seu governo, medidos por diferentes pesquisas, são assombrosos.

A governante precisa com urgência recalibrar sua comunicação. O governo se comunica muito mal, nem mesmo os números de diminuição nos índices de violência, tema geralmente número 1 na opinião pública, divulgados nos últimos meses, a gestão estadual soube tirar proveito.

Do jeito que está, o petismo estadual chegará 2026 com chances esquálidas nas disputas majoritárias de governo e senado, a direita é quem agradece.

Fátima está apagada, nem de longe lembra a candidata que brilhou e dominou o palco da eleição de 2022, reeleita com a maior votação da história do estado. Está faltando tato político a líder da esquerda potiguar.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos