0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A recém-criada nova força policial penal, a Força Penal Nacional (FPN), criada em dezembro de 2023 terá uma das suas primeiras missões: resgatar os presos fugidos do presídio federal de Mossoró.

A FPN foi criada com o objetivo de “responder de forma eficaz a crises no sistema prisional” e promover cooperação entre as forças policiais.

Anteriormente, em 2017, a FPN era uma espécie de “força-tarefa” especialmente designada para auxiliar em crises do sistema prisional do Brasil. Agora, desde o novo convênio firmado pela União, ela passa a ser uma força policial própria.

Serão destacados 50 agentes da FPN para atuarem nas buscas, que se soma aos esforços estaduais e federais nas buscas pelos presidiários foragidos.

Com esse reforço, tem-se atualmente mais de 500 agentes de segurança pública estadual e federal na busca dos fugitivos Rogério Mendonça e Deibson Nascimento.

Fazem 12 dias que os aprisionados do sistema federal escaparam da prisão federal de segurança máxima.

Fonte: Redação
Foto: Ministério de Justiça e Segurança Pública

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Força Penal Nacional é convocada para ajudar nas buscas pelos fugitivos do presídio federal de Mossoró



A recém-criada nova força policial penal, a Força Penal Nacional (FPN), criada em dezembro de 2023 terá uma das suas primeiras missões: resgatar os presos fugidos do presídio federal de Mossoró.

A FPN foi criada com o objetivo de “responder de forma eficaz a crises no sistema prisional” e promover cooperação entre as forças policiais.

Anteriormente, em 2017, a FPN era uma espécie de “força-tarefa” especialmente designada para auxiliar em crises do sistema prisional do Brasil. Agora, desde o novo convênio firmado pela União, ela passa a ser uma força policial própria.

Serão destacados 50 agentes da FPN para atuarem nas buscas, que se soma aos esforços estaduais e federais nas buscas pelos presidiários foragidos.

Com esse reforço, tem-se atualmente mais de 500 agentes de segurança pública estadual e federal na busca dos fugitivos Rogério Mendonça e Deibson Nascimento.

Fazem 12 dias que os aprisionados do sistema federal escaparam da prisão federal de segurança máxima.

Fonte: Redação
Foto: Ministério de Justiça e Segurança Pública


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos