Nísia Floresta

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

As praias foram o destino escolhido por milhares de pessoas, de diversos municípios norteriograndesnses neste final de semana. No entanto, o último Boletim de Balneabilidade das praias do programa Água Azul divulgado, pode pegar muita gente de surpresa.

O Boletim alerta que seis trechos de praias no litoral do Rio Grande do Norte estão impróprios para banho, em quatro municípios. 

Confira os locais indicados:

  • – Foz do Rio Pirangi – em Nísia Floresta;
  • – Rio Pium – Ponte Nova –  em Parnamirim;
  • – Rio Pium – Balneário Pium – em Parnamirim;
  • – Areia Preta – Praça da Jangada – em Natal;
  • – Barra de Maxaranguape – em Maxaranguape;
  • – Maracajaú – em Maxaranguape.

O boletim analisou 51 amostras de água em 33 pontos ao longo da faixa costeira de diversos municípios. Os resultados indicam as condições das praias monitoradas e são fundamentais para orientar os banhistas. A coleta e classificação seguem normas estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e têm validade de uma semana.

O estudo é conduzido em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Fonte: Redação

Imagem: Internet

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Foi para a praia no final de semana? Veja os seis trechos não recomendados para banho no RN



Nísia Floresta

As praias foram o destino escolhido por milhares de pessoas, de diversos municípios norteriograndesnses neste final de semana. No entanto, o último Boletim de Balneabilidade das praias do programa Água Azul divulgado, pode pegar muita gente de surpresa.

O Boletim alerta que seis trechos de praias no litoral do Rio Grande do Norte estão impróprios para banho, em quatro municípios. 

Confira os locais indicados:

  • – Foz do Rio Pirangi – em Nísia Floresta;
  • – Rio Pium – Ponte Nova –  em Parnamirim;
  • – Rio Pium – Balneário Pium – em Parnamirim;
  • – Areia Preta – Praça da Jangada – em Natal;
  • – Barra de Maxaranguape – em Maxaranguape;
  • – Maracajaú – em Maxaranguape.

O boletim analisou 51 amostras de água em 33 pontos ao longo da faixa costeira de diversos municípios. Os resultados indicam as condições das praias monitoradas e são fundamentais para orientar os banhistas. A coleta e classificação seguem normas estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e têm validade de uma semana.

O estudo é conduzido em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Fonte: Redação

Imagem: Internet


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos