Corpo de Bombeiros, Associação Médica e Centro de Tratamento de Queimados do Walfredo Gurgel promovem campanha contra queimaduras no RN



Imagem Foto: Divulgação
0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Na próxima quinta-feira, 06 de junho, às 8h, na Associação Médica, acontece a abertura da Campanha Junho Laranja no Rio Grande do Norte. A ação tem o objetivo de combater e prevenir acidentes com queimaduras, apontando políticas necessárias para melhoria e oferta de atenção que este trauma requer.Na ocasião, estarão presentes médicos especializados no tema, como o cirurgião Marco Almeida, coordenador do Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Walfredo Gurgel e membro da Sociedade Brasileira de Queimaduras.

A campanha visa conscientizar a população sobre a importância de adotar medidas preventivas, como o uso de fogos de artifício com segurança e a atenção ao manusear objetos quentes. Entendendo que a prevenção é fundamental para evitar lesões graves e preservar a qualidade de vida das pessoas, os profissionais estarão a disposição dos órgãos de imprensa para falar sobre o assunto.

No Brasil, estima-se que ocorra cerca de um milhão de acidentes com queimaduras por ano, resultando em uma média de 100 mil atendimentos hospitalares, 17 mil internações e 2.500 mortes devido as lesões. Entre 2015 e 2020, foram registrados no Brasil um total de 19.772 mortes, sendo 53,3 % (10.545) queimaduras térmicas e 46,1% (9.117) queimaduras elétricas.Esses índices elevam as queimaduras para o 4º lugar por causa de óbito entre crianças no Brasil.Cerca de 70% das queimaduras acontecem em casa.

As queimaduras são causadas por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos e podem afetar desde a pele até os ossos, além de provocar amputação e morte. O tenente coronel, Christiano Couceiro, Chefe do Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros, orienta formas de prevenir essas situações e manter o ambiente domicilar mais seguro:

Evite fumar dentro de casa, principalmente deitado;
Nunca manipule álcool líquido próximo a objetos inflamáveis e nem utilize diretamente sobre o fogo (principalmente na churrasqueira);
Evite utilizar álcool líquido, prefira água e sabão para fazer a limpeza doméstica ou álcool em gel;
Possíveis vazamentos de gás devem ser investigados constantemente;
Mantenha as crianças longe da cozinha durante o preparo dos alimentos;
Lembre-se de direcionar os cabos das panelas para a área do meio do fogão;
Mantenha cabos e alças em bom estado, para evitar derramar o conteúdo das panelas, canecas ou chaleiras;
Antes de dar banho ou molhar a criança, teste a temperatura da água com o dorso da mão;
Guarde objetos de limpeza e produtos químicos fora do alcance de crianças;
Mantenha o ferro de passar roupas longe das crianças;
Utilize protetor em todas as tomadas elétricas da casa; 
Chame um profissional para resolver os problemas elétricos ou fazer instalações diversas;
Em época de festas juninas, dê preferência às fogueiras pequenas, que só devem ser acesas longe de matas, depósitos de papel ou produtos inflamáveis;
Nunca deixe fósforos e isqueiros ao alcance de crianças;
Evite exposição prolongada ao sol e use protetor solar;
Evite espalhar velas pelos cômodos da casa, mas, se for necessário, mantenha as chamas distantes de tecidos inflamáveis.

Em caso de queimaduras leves deve-se colocar a parte queimada debaixo da água corrente fria, com jato suave, por, aproximadamente, dez minutos. Já em situações em que as queimaduras acometem grandes extensões do corpo e são causadas por substâncias químicas ou eletricidade, a vítima deverá receber cuidados médicos urgentes e imediatos.




O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte


Corpo de Bombeiros, Associação Médica e Centro de Tratamento de Queimados do Walfredo Gurgel promovem campanha contra queimaduras no RN



Imagem Foto: Divulgação


Na próxima quinta-feira, 06 de junho, às 8h, na Associação Médica, acontece a abertura da Campanha Junho Laranja no Rio Grande do Norte. A ação tem o objetivo de combater e prevenir acidentes com queimaduras, apontando políticas necessárias para melhoria e oferta de atenção que este trauma requer.Na ocasião, estarão presentes médicos especializados no tema, como o cirurgião Marco Almeida, coordenador do Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Walfredo Gurgel e membro da Sociedade Brasileira de Queimaduras.

A campanha visa conscientizar a população sobre a importância de adotar medidas preventivas, como o uso de fogos de artifício com segurança e a atenção ao manusear objetos quentes. Entendendo que a prevenção é fundamental para evitar lesões graves e preservar a qualidade de vida das pessoas, os profissionais estarão a disposição dos órgãos de imprensa para falar sobre o assunto.

No Brasil, estima-se que ocorra cerca de um milhão de acidentes com queimaduras por ano, resultando em uma média de 100 mil atendimentos hospitalares, 17 mil internações e 2.500 mortes devido as lesões. Entre 2015 e 2020, foram registrados no Brasil um total de 19.772 mortes, sendo 53,3 % (10.545) queimaduras térmicas e 46,1% (9.117) queimaduras elétricas.Esses índices elevam as queimaduras para o 4º lugar por causa de óbito entre crianças no Brasil.Cerca de 70% das queimaduras acontecem em casa.

As queimaduras são causadas por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos e podem afetar desde a pele até os ossos, além de provocar amputação e morte. O tenente coronel, Christiano Couceiro, Chefe do Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros, orienta formas de prevenir essas situações e manter o ambiente domicilar mais seguro:

Evite fumar dentro de casa, principalmente deitado;
Nunca manipule álcool líquido próximo a objetos inflamáveis e nem utilize diretamente sobre o fogo (principalmente na churrasqueira);
Evite utilizar álcool líquido, prefira água e sabão para fazer a limpeza doméstica ou álcool em gel;
Possíveis vazamentos de gás devem ser investigados constantemente;
Mantenha as crianças longe da cozinha durante o preparo dos alimentos;
Lembre-se de direcionar os cabos das panelas para a área do meio do fogão;
Mantenha cabos e alças em bom estado, para evitar derramar o conteúdo das panelas, canecas ou chaleiras;
Antes de dar banho ou molhar a criança, teste a temperatura da água com o dorso da mão;
Guarde objetos de limpeza e produtos químicos fora do alcance de crianças;
Mantenha o ferro de passar roupas longe das crianças;
Utilize protetor em todas as tomadas elétricas da casa; 
Chame um profissional para resolver os problemas elétricos ou fazer instalações diversas;
Em época de festas juninas, dê preferência às fogueiras pequenas, que só devem ser acesas longe de matas, depósitos de papel ou produtos inflamáveis;
Nunca deixe fósforos e isqueiros ao alcance de crianças;
Evite exposição prolongada ao sol e use protetor solar;
Evite espalhar velas pelos cômodos da casa, mas, se for necessário, mantenha as chamas distantes de tecidos inflamáveis.

Em caso de queimaduras leves deve-se colocar a parte queimada debaixo da água corrente fria, com jato suave, por, aproximadamente, dez minutos. Já em situações em que as queimaduras acometem grandes extensões do corpo e são causadas por substâncias químicas ou eletricidade, a vítima deverá receber cuidados médicos urgentes e imediatos.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos