Cidade mais alta do mundo é "inferno na Terra" e fica a 5.000 m acima do nível do mar no Peru
Imagem Cidade mais alta do mundo é "inferno na Terra" e fica a 5.000 m acima do nível do mar no Peru

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

La Rinconada, no Peru, fica a 5.100 m acima do nível do mar e é considerada a cidade mais alta do mundo. Em meio às montanhas nevadas dos Andes, ela é um polo de garimpo de ouro, principal atividade econômica do local desde a sua fundação, e está a cerca de 1.400 km de distância de Lima, capital do país.

As condições climáticas extremas de La Rinconada, com 50% menos oxigênio do que o normal, tornam a cidade um ambiente que poucos conseguem suportar. Uma pessoa que chega à cidade precisa de cerca de 30 dias para conseguir se adaptar ao ar rarefeito. Hoje, acredita-se que entre 30 mil e 50 mil pessoas vivam no local.

Apesar da bela paisagem da cidade mais alta do mundo, aos pés da montanha Ananea Grande, na região de Puno, La Rinconada é considerada um “inferno na Terra” e um dos piores lugares do mundo em termos de qualidade de vida e urbanismo.

Sem sistema de coleta pública de lixo e saneamento básico, a cidade é bastante suja e se tornou um ambiente insalubre, com todo tipo de dejeto jogado pelas ruas, além de ter rios de lama imunda correndo entre as construções.

Isolada, La Rinconada, a cidade mais alta do mundo, também sofre com a dificuldade de acesso, já que parte da estrada que a liga ao restante do país é esburacada, cheia de pedregulhos e oferece pouca segurança.

Suas habitações improvisadas são feitas, na maioria, de metal corrugado e madeira. Algumas foram erguidas com tijolos e blocos de concreto. Grande parte não possui água corrente, eletricidade e sistema de aquecimento para enfrentar o frio que se mantém perto de 1 °C, podendo atingir temperaturas negativas facilmente.

As casas simples também não costumam ter banheiros, o que leva a população a jogar as suas fezes ao ar livre. Apesar disso, a cidade não fede, já que as temperaturas extremas impedem o apodrecimento dos materiais orgânicos, que se espalham pelas ruas em lamaçais. Para tomar banho, a população usa chuveiros públicos espalhados pela cidade.

Para quem quiser visitar a cidade mais alta do mundo há hotéis que oferecem o básico: apenas uma cama e cobertores. Apesar de render um passeio exótico, La Rinconada exige cuidados, já que a criminalidade é bem alta. Não há polícia no local, fazendo com que assassinatos e desaparecimentos sejam comuns.

Fonte: Revista Casa e Jardim

Imagem: Divulgação

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Como é viver na cidade mais alta do mundo conhecida como “inferno na Terra”



Cidade mais alta do mundo é "inferno na Terra" e fica a 5.000 m acima do nível do mar no Peru

La Rinconada, no Peru, fica a 5.100 m acima do nível do mar e é considerada a cidade mais alta do mundo. Em meio às montanhas nevadas dos Andes, ela é um polo de garimpo de ouro, principal atividade econômica do local desde a sua fundação, e está a cerca de 1.400 km de distância de Lima, capital do país.

As condições climáticas extremas de La Rinconada, com 50% menos oxigênio do que o normal, tornam a cidade um ambiente que poucos conseguem suportar. Uma pessoa que chega à cidade precisa de cerca de 30 dias para conseguir se adaptar ao ar rarefeito. Hoje, acredita-se que entre 30 mil e 50 mil pessoas vivam no local.

Apesar da bela paisagem da cidade mais alta do mundo, aos pés da montanha Ananea Grande, na região de Puno, La Rinconada é considerada um “inferno na Terra” e um dos piores lugares do mundo em termos de qualidade de vida e urbanismo.

Sem sistema de coleta pública de lixo e saneamento básico, a cidade é bastante suja e se tornou um ambiente insalubre, com todo tipo de dejeto jogado pelas ruas, além de ter rios de lama imunda correndo entre as construções.

Isolada, La Rinconada, a cidade mais alta do mundo, também sofre com a dificuldade de acesso, já que parte da estrada que a liga ao restante do país é esburacada, cheia de pedregulhos e oferece pouca segurança.

Suas habitações improvisadas são feitas, na maioria, de metal corrugado e madeira. Algumas foram erguidas com tijolos e blocos de concreto. Grande parte não possui água corrente, eletricidade e sistema de aquecimento para enfrentar o frio que se mantém perto de 1 °C, podendo atingir temperaturas negativas facilmente.

As casas simples também não costumam ter banheiros, o que leva a população a jogar as suas fezes ao ar livre. Apesar disso, a cidade não fede, já que as temperaturas extremas impedem o apodrecimento dos materiais orgânicos, que se espalham pelas ruas em lamaçais. Para tomar banho, a população usa chuveiros públicos espalhados pela cidade.

Para quem quiser visitar a cidade mais alta do mundo há hotéis que oferecem o básico: apenas uma cama e cobertores. Apesar de render um passeio exótico, La Rinconada exige cuidados, já que a criminalidade é bem alta. Não há polícia no local, fazendo com que assassinatos e desaparecimentos sejam comuns.

Fonte: Revista Casa e Jardim

Imagem: Divulgação


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos