Chuva leva alegria e prejuízos a São Paulo do Potengi
Imagem Chuva leva alegria e prejuízos a São Paulo do Potengi

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A quarta-feira, 21, foi de alegria para os agricultores e de alguns prejuízos para comerciantes de São Paulo do Potengi.

O pluviômetro da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca do município registrou 64 mm de chuvas na capital do Potengi. 

Chuvas intensas no estado

Ainda nesta semana, os dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – Emparn, indicaram acumulados de chuva intensos.

Na segunda-feira, 19, o maior acumulado de chuvas foi registrado em Pendências, no Oeste do Estado, com 51.1mm. Esse foi o maior quantitativo para o período.

Ainda no Oeste, Alto do Rodrigues acumulou 32mm, Mossoró 18mm, e Umarizal 12mm.

Já na região Central potiguar, o município de Guamaré teve o maior quantitativo de chuvas: 27mm.

Depois vem Macau, com 15mm, Pedro Avelino com 4.9mm e Cruzeta com 2.4mm. 

Na Região Metropolitana, Parnamirim, registrou 2.5mm, São Gonçalo do Amarante com 2.2mm e a capital Natal com 0.9mm.

No Agreste não houve chuvas captadas pelos instrumentos da Emparn. 

Fonte: Redação

Imagem: Internet

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Chuva leva alegria e prejuízos a São Paulo do Potengi



Chuva leva alegria e prejuízos a São Paulo do Potengi

A quarta-feira, 21, foi de alegria para os agricultores e de alguns prejuízos para comerciantes de São Paulo do Potengi.

O pluviômetro da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca do município registrou 64 mm de chuvas na capital do Potengi. 

Chuvas intensas no estado

Ainda nesta semana, os dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – Emparn, indicaram acumulados de chuva intensos.

Na segunda-feira, 19, o maior acumulado de chuvas foi registrado em Pendências, no Oeste do Estado, com 51.1mm. Esse foi o maior quantitativo para o período.

Ainda no Oeste, Alto do Rodrigues acumulou 32mm, Mossoró 18mm, e Umarizal 12mm.

Já na região Central potiguar, o município de Guamaré teve o maior quantitativo de chuvas: 27mm.

Depois vem Macau, com 15mm, Pedro Avelino com 4.9mm e Cruzeta com 2.4mm. 

Na Região Metropolitana, Parnamirim, registrou 2.5mm, São Gonçalo do Amarante com 2.2mm e a capital Natal com 0.9mm.

No Agreste não houve chuvas captadas pelos instrumentos da Emparn. 

Fonte: Redação

Imagem: Internet


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos