Imagem Foto: Anderson Régis

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O que deveria ser um clima de festa pela classificação para mais uma semifinal de turno, virou um momento de apreensão para torcedores do Baraúnas. O Leão do Oeste venceu o Globo por 4 a 0 na última quinta-feira (28) e assegurou a vaga na próxima fase do Estadual com a derrota do ABC nesse fim de semana. Porém, uma suposta escalação irregular do volante Ramon pode tirar pontos do clube mossoroense.

Ele recebeu cartões amarelos nas partidas contra o América, pela semifinal do primeiro turno, contra o mesmo adversário, na primeira rodada do segundo turno, e contra o Potyguar Seridoense no jogo seguinte. Esta situação pode tirar pontos do Leão em caso de denúncia, que deverá ser feita pelo ABC. Caso seja julgado como culpado, o time mossoroense perderia seis pontos, os três da vitória contra o Globo e mais três como punição.

O ABC entrará com uma denúncia alegando que Ramon deveria estar suspenso após o terceiro amarelo, baseado no artigo 41 do regulamento que aponta que os cartões são zerados ao final da fase de grupos do primeiro turno, ou seja, dando continuidade a partir daí até o fim dos grupos do segundo turno.

O Baraúnas vai usar a defesa de que os cartões, como critérios de desempate, são zerados a cada turno (em sua totalidade), argumentando que Ramon só teria dois amarelos (recebidos no segundo turno) e poderia atuar normalmente contra o Globo. O artigo 9 fala que cada turno possui contabilização independente dos cartões amarelos.

“O regulamento (do Estadual) é omisso se esse cartão deve ser contabilizado ou não, e o regulamento geral de clubes da CBF, não é omisso. Diz que nesse caso não entra para a contabilização, conforme artigo 51. O segundo turno iniciou, que é uma competição independente, e o atleta Ramon tinha zero cartões. Ele foi em dois jogos e levou dois cartões. Logo, contra o Globo, ele não estava suspenso”, disse Lima Neto, presidente do Baraúnas.

A FNF e o TJD devem receber nesta segunda-feira (1º) uma denúncia do ABC, principal interessado na perda de pontos do Baraúnas. Enquanto isso, o Baraúnas demonstra tranquilidade quanto ao caso e comemorou a classificação antecipada em suas redes sociais. Com sete pontos, o time não pode mais ser alcançado pelo ABC, que foi derrotado pelo Santa Cruz de Natal. Mas o cenário poderá mudar se o time mossoroense perder os seis pontos.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Caso Ramon: Baraúnas comemora classificação para semifinal do 2º turno



O que deveria ser um clima de festa pela classificação para mais uma semifinal de turno, virou um momento de apreensão para torcedores do Baraúnas. O Leão do Oeste venceu o Globo por 4 a 0 na última quinta-feira (28) e assegurou a vaga na próxima fase do Estadual com a derrota do ABC nesse fim de semana. Porém, uma suposta escalação irregular do volante Ramon pode tirar pontos do clube mossoroense.

Ele recebeu cartões amarelos nas partidas contra o América, pela semifinal do primeiro turno, contra o mesmo adversário, na primeira rodada do segundo turno, e contra o Potyguar Seridoense no jogo seguinte. Esta situação pode tirar pontos do Leão em caso de denúncia, que deverá ser feita pelo ABC. Caso seja julgado como culpado, o time mossoroense perderia seis pontos, os três da vitória contra o Globo e mais três como punição.

O ABC entrará com uma denúncia alegando que Ramon deveria estar suspenso após o terceiro amarelo, baseado no artigo 41 do regulamento que aponta que os cartões são zerados ao final da fase de grupos do primeiro turno, ou seja, dando continuidade a partir daí até o fim dos grupos do segundo turno.

O Baraúnas vai usar a defesa de que os cartões, como critérios de desempate, são zerados a cada turno (em sua totalidade), argumentando que Ramon só teria dois amarelos (recebidos no segundo turno) e poderia atuar normalmente contra o Globo. O artigo 9 fala que cada turno possui contabilização independente dos cartões amarelos.

“O regulamento (do Estadual) é omisso se esse cartão deve ser contabilizado ou não, e o regulamento geral de clubes da CBF, não é omisso. Diz que nesse caso não entra para a contabilização, conforme artigo 51. O segundo turno iniciou, que é uma competição independente, e o atleta Ramon tinha zero cartões. Ele foi em dois jogos e levou dois cartões. Logo, contra o Globo, ele não estava suspenso”, disse Lima Neto, presidente do Baraúnas.

A FNF e o TJD devem receber nesta segunda-feira (1º) uma denúncia do ABC, principal interessado na perda de pontos do Baraúnas. Enquanto isso, o Baraúnas demonstra tranquilidade quanto ao caso e comemorou a classificação antecipada em suas redes sociais. Com sete pontos, o time não pode mais ser alcançado pelo ABC, que foi derrotado pelo Santa Cruz de Natal. Mas o cenário poderá mudar se o time mossoroense perder os seis pontos.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos