Imagem Reprodução/internet

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Vinícius Oliveira (REP), mais conhecido como Capitão Vinícius, é motivo de preocupação na sala do Gabinete da Prefeita, Jussara Sales (PL).

Com uma administração polarizada entre bom e ruim, Jussara não tem passe político para se segurar por conta própria. Precisa de circunstâncias externas para se manter no poder. Uma dessas seria o fracionamento da oposição em várias candidaturas, como ocorreu em 2020, quando foi eleita com uma pluralidade de votos, apenas 30%.

Mas falta domínio para a alcaide mexer as peças da política a seu bel-prazer. Com uma popularidade deficitária, a prefeita não tem imposição perante o panorama político extremozense.

O nome que emerge para imprimir uma corrida competitiva a prefeita é do ex-comandante do policiamento da cidade, Capitão Vinícius. Longe de ser o extremista de direita que a esquerda tenta retratar, Vinícius tem apelo para alcançar o eleitorado que está descontente com a administração municipal. Enquanto nomes como os ex-prefeitos Enilton Andrade (MDB) e Klauss Rêgo, e o vereador Rilder Jordão (PT), não empolgam, Vinícius tende a polarizar a disputa com Jussara.

Extremoz dá indicativos de ser uma das eleições mais instigantes da Grande Natal, o pleito municipal converge para ficar competitivo.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Capitão Vinícius tem potencial para virar o jogo em Extremoz



Vinícius Oliveira (REP), mais conhecido como Capitão Vinícius, é motivo de preocupação na sala do Gabinete da Prefeita, Jussara Sales (PL).

Com uma administração polarizada entre bom e ruim, Jussara não tem passe político para se segurar por conta própria. Precisa de circunstâncias externas para se manter no poder. Uma dessas seria o fracionamento da oposição em várias candidaturas, como ocorreu em 2020, quando foi eleita com uma pluralidade de votos, apenas 30%.

Mas falta domínio para a alcaide mexer as peças da política a seu bel-prazer. Com uma popularidade deficitária, a prefeita não tem imposição perante o panorama político extremozense.

O nome que emerge para imprimir uma corrida competitiva a prefeita é do ex-comandante do policiamento da cidade, Capitão Vinícius. Longe de ser o extremista de direita que a esquerda tenta retratar, Vinícius tem apelo para alcançar o eleitorado que está descontente com a administração municipal. Enquanto nomes como os ex-prefeitos Enilton Andrade (MDB) e Klauss Rêgo, e o vereador Rilder Jordão (PT), não empolgam, Vinícius tende a polarizar a disputa com Jussara.

Extremoz dá indicativos de ser uma das eleições mais instigantes da Grande Natal, o pleito municipal converge para ficar competitivo.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos