Atenção Primária em Saúde é ampliada no RN em 2024
Imagem Atenção Primária em Saúde é ampliada no RN em 2024

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A expansão da Atenção Primária à Saúde no Rio Grande do Norte ganha destaque com o programa + APS Potiguar.

Esta iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde Pública – Sesap, está habilitada para receber mais recursos em 2024, permitindo a ampliação para 97 novas Equipes Multiprofissionais de Saúde – eMulti, distribuídas em 67 cidades do estado.

O RN recebeu um investimento fixo de R$ 86,4 milhões em 2023 para fortalecer a capacidade de atendimento nos municípios. 

O principal objetivo do programa é garantir a cobertura de 100% da população potiguar pela política de Atenção Primária à Saúde. Desde seu lançamento no ano passado, o programa, fruto de articulações com o Ministério da Saúde, colocou o RN como estado-piloto da expansão da APS no Brasil.

Investimento mensal do MS

A habilitação representa um investimento mensal de R$ 2,38 milhões por parte do Ministério da Saúde para o funcionamento das eMulti. 

Essas novas equipes vão reforçar a assistência à população, somando-se às 145 eMulti já existentes, compostas por profissionais de saúde de diversas áreas, que trabalham de forma integrada com outras equipes da atenção primária. 

Outros recursos

Os recursos se somam aos mais de R$ 86 milhões conquistados pela Sesap e pelos municípios potiguares ao longo de 2023 para ampliar a atenção primária no estado.

“Expandir equipes e serviços de APS é fundamental para um sistema de saúde eficaz e acessível. Fortalecer a porta de entrada do usuário do SUS é essencial para garantir maior resolutividade na Atenção Primária, evitando encaminhamentos desnecessários para níveis mais complexos de atendimento”, destaca Anderson Medeiros, subcoordenador de Atenção Primária à Saúde e Ações Programáticas da Sesap.

APS Potiguar

O Programa + APS Potiguar é uma parceria entre a Sesap, por meio da Subcoordenadoria de Atenção Primária à Saúde (SAPS), a Coordenação de Atenção à Saúde (CAS), o Ministério da Saúde e os municípios, em vigor desde o início de 2023. Com isso, o estado garantiu, somente em 2023, um investimento fixo de R$ 86,4 milhões para ampliar a capacidade de atendimento nos municípios, reforçando o compromisso com a saúde pública da população potiguar.

Fonte: Redação

Imagem: Ministério da Saúde

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Atenção Primária em Saúde é ampliada no RN em 2024



Atenção Primária em Saúde é ampliada no RN em 2024

A expansão da Atenção Primária à Saúde no Rio Grande do Norte ganha destaque com o programa + APS Potiguar.

Esta iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde Pública – Sesap, está habilitada para receber mais recursos em 2024, permitindo a ampliação para 97 novas Equipes Multiprofissionais de Saúde – eMulti, distribuídas em 67 cidades do estado.

O RN recebeu um investimento fixo de R$ 86,4 milhões em 2023 para fortalecer a capacidade de atendimento nos municípios. 

O principal objetivo do programa é garantir a cobertura de 100% da população potiguar pela política de Atenção Primária à Saúde. Desde seu lançamento no ano passado, o programa, fruto de articulações com o Ministério da Saúde, colocou o RN como estado-piloto da expansão da APS no Brasil.

Investimento mensal do MS

A habilitação representa um investimento mensal de R$ 2,38 milhões por parte do Ministério da Saúde para o funcionamento das eMulti. 

Essas novas equipes vão reforçar a assistência à população, somando-se às 145 eMulti já existentes, compostas por profissionais de saúde de diversas áreas, que trabalham de forma integrada com outras equipes da atenção primária. 

Outros recursos

Os recursos se somam aos mais de R$ 86 milhões conquistados pela Sesap e pelos municípios potiguares ao longo de 2023 para ampliar a atenção primária no estado.

“Expandir equipes e serviços de APS é fundamental para um sistema de saúde eficaz e acessível. Fortalecer a porta de entrada do usuário do SUS é essencial para garantir maior resolutividade na Atenção Primária, evitando encaminhamentos desnecessários para níveis mais complexos de atendimento”, destaca Anderson Medeiros, subcoordenador de Atenção Primária à Saúde e Ações Programáticas da Sesap.

APS Potiguar

O Programa + APS Potiguar é uma parceria entre a Sesap, por meio da Subcoordenadoria de Atenção Primária à Saúde (SAPS), a Coordenação de Atenção à Saúde (CAS), o Ministério da Saúde e os municípios, em vigor desde o início de 2023. Com isso, o estado garantiu, somente em 2023, um investimento fixo de R$ 86,4 milhões para ampliar a capacidade de atendimento nos municípios, reforçando o compromisso com a saúde pública da população potiguar.

Fonte: Redação

Imagem: Ministério da Saúde


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos