Imagem Foto: João Gilberto

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) aprovou nesta quarta-feira (17) a criação do auxílio-fardamento para policiais civis do estado. A apovação foi unânime entre os 19 deputados estaduais no plenário.

A matéria é de autoria do governo do RN e agora segue para sanção da governadora Fátima Bezerra (PT) para poder entrar em vigor.

O valor do auxílio-fardamento aprovado foi R$ 1.500 por ano, a ser pago em cinco parcelas de R$ 300.

A criação do auxílio-fardamento era uma das reivindicações dos policiais civis do RN, que na segunda-feira (15) suspenderam os serviços prestados por diárias operacionais no estado, inclusive nas delegaciais de plantão.

Na terça (16), os policiais civis protestaram nas galerias da Assembleia Legislativa e, entre outras pautas, cobraram dos deputados a aprovação do auxílio, o que ocorreu nesta terça.

Atualmente, os fardamentos são custeados pelos próprios policiais civis, com recursos pessoais.

“Nós, policiais, tínhamos que custear a compra desse fardamento. E hoje [quarta-feira] foi uma vitória da categoria, porque o governo do estado enviou o projeto de lei e conseguimos, com a ajuda dos deputados, aprovar”, disse o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN), Djair Oliveira.

Após a sanção do governo do RN é que será divulgado o calendário para o pagamento do auxílio.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Assembleia Legislativa do RN aprova criação de auxílio-fardamento para policiais civis



A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) aprovou nesta quarta-feira (17) a criação do auxílio-fardamento para policiais civis do estado. A apovação foi unânime entre os 19 deputados estaduais no plenário.

A matéria é de autoria do governo do RN e agora segue para sanção da governadora Fátima Bezerra (PT) para poder entrar em vigor.

O valor do auxílio-fardamento aprovado foi R$ 1.500 por ano, a ser pago em cinco parcelas de R$ 300.

A criação do auxílio-fardamento era uma das reivindicações dos policiais civis do RN, que na segunda-feira (15) suspenderam os serviços prestados por diárias operacionais no estado, inclusive nas delegaciais de plantão.

Na terça (16), os policiais civis protestaram nas galerias da Assembleia Legislativa e, entre outras pautas, cobraram dos deputados a aprovação do auxílio, o que ocorreu nesta terça.

Atualmente, os fardamentos são custeados pelos próprios policiais civis, com recursos pessoais.

“Nós, policiais, tínhamos que custear a compra desse fardamento. E hoje [quarta-feira] foi uma vitória da categoria, porque o governo do estado enviou o projeto de lei e conseguimos, com a ajuda dos deputados, aprovar”, disse o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN), Djair Oliveira.

Após a sanção do governo do RN é que será divulgado o calendário para o pagamento do auxílio.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos