Imagem Foto: Kauan Ferreira / FC Atlético

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A Arena das Dunas está dando início à implementação de um sistema de reconhecimento facial para as partidas de futebol sediadas no local, em um processo que se estenderá por pelo menos 60 dias. A empresa responsável por essa tecnologia é a Bepass, especializada em acesso por biometria facial em estádios, com experiência prévia em locais renomados como o Allianz Parque, Maracanã e Nilton Santos.

Esta iniciativa da Arena das Dunas está alinhada com a Lei Geral do Esporte (Lei nº 14.597/2023 – LGE), sancionada em 15 de junho de 2023, que estabelece a obrigatoriedade da adoção de biometria por reconhecimento facial em estádios com capacidade acima de 20 mil pessoas em até dois anos.

O objetivo principal dessa tecnologia é oferecer uma autenticação eficiente, permitindo um acesso rápido, em até 3 segundos, e seguro aos estádios, o que contribui significativamente para a identificação dos torcedores em situações de segurança. Além disso, a empresa destaca que o sistema auxilia no combate à atividade de cambistas, ao mesmo tempo em que estabelece critérios de fidelidade na compra de ingressos.

O processo de cadastro da biometria facial é simples e pode ser realizado de qualquer lugar, inclusive pelo celular, de maneira intuitiva e em menos de 10 segundos.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Arena das Dunas contarácom reconhecimento facial



A Arena das Dunas está dando início à implementação de um sistema de reconhecimento facial para as partidas de futebol sediadas no local, em um processo que se estenderá por pelo menos 60 dias. A empresa responsável por essa tecnologia é a Bepass, especializada em acesso por biometria facial em estádios, com experiência prévia em locais renomados como o Allianz Parque, Maracanã e Nilton Santos.

Esta iniciativa da Arena das Dunas está alinhada com a Lei Geral do Esporte (Lei nº 14.597/2023 – LGE), sancionada em 15 de junho de 2023, que estabelece a obrigatoriedade da adoção de biometria por reconhecimento facial em estádios com capacidade acima de 20 mil pessoas em até dois anos.

O objetivo principal dessa tecnologia é oferecer uma autenticação eficiente, permitindo um acesso rápido, em até 3 segundos, e seguro aos estádios, o que contribui significativamente para a identificação dos torcedores em situações de segurança. Além disso, a empresa destaca que o sistema auxilia no combate à atividade de cambistas, ao mesmo tempo em que estabelece critérios de fidelidade na compra de ingressos.

O processo de cadastro da biometria facial é simples e pode ser realizado de qualquer lugar, inclusive pelo celular, de maneira intuitiva e em menos de 10 segundos.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos