Imagem Assessoria de comunicação

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Desde dezembro passado R$ 300.000,00 estavam na conta da Prefeitura de Extremoz, fruto da solicitação do vereador Rilder Jordão (PT) junto ao mandato da senadora Zenaide Maia (PSD). O valor da emenda é para calçar ruas do loteamento El Shaday, no centro da cidade.

Desde o início do ano Legislativo, no dia 20 passado, em que a prefeita Jussara Sales (PL) leu a mensagem anual do Executivo, que Jordão a cobrou sobre a emenda, no Plenário da Câmara. Foram quase duas semanas de cobranças para a gestão, finalmente, lançar edital de licitação para iniciar o calçamento das ruas do loteamento.

Rilder pondera que se não fosse suas cobranças a prefeita dificilmente iria lançar a licitação para o calçamento, “teria utilizado a emenda para outra finalidade, já que os valores foram depositados na conta da Prefeitura, onde podem ser utilizados com qualquer outro propósito”, assevera o edil.

O loteamento El Shaday fica na rua da Caixa Econômica Federal e do 16° Batalhão de Polícia. Se num dos pontos mais centrais do município a gestão levou mais de 2 meses para lançar o edital de licitação duma obra, imagine a situação nas periferias e zona rural de Extremoz.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Após cobranças de Rilder, Executivo de Extremoz agenda licitação



Desde dezembro passado R$ 300.000,00 estavam na conta da Prefeitura de Extremoz, fruto da solicitação do vereador Rilder Jordão (PT) junto ao mandato da senadora Zenaide Maia (PSD). O valor da emenda é para calçar ruas do loteamento El Shaday, no centro da cidade.

Desde o início do ano Legislativo, no dia 20 passado, em que a prefeita Jussara Sales (PL) leu a mensagem anual do Executivo, que Jordão a cobrou sobre a emenda, no Plenário da Câmara. Foram quase duas semanas de cobranças para a gestão, finalmente, lançar edital de licitação para iniciar o calçamento das ruas do loteamento.

Rilder pondera que se não fosse suas cobranças a prefeita dificilmente iria lançar a licitação para o calçamento, “teria utilizado a emenda para outra finalidade, já que os valores foram depositados na conta da Prefeitura, onde podem ser utilizados com qualquer outro propósito”, assevera o edil.

O loteamento El Shaday fica na rua da Caixa Econômica Federal e do 16° Batalhão de Polícia. Se num dos pontos mais centrais do município a gestão levou mais de 2 meses para lançar o edital de licitação duma obra, imagine a situação nas periferias e zona rural de Extremoz.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos