Imagem Entrada será gratuita – Foto: Reprodução

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Com um investimento de R$ 475 mil através do Programa Cultural Câmara Cascudo, gerenciado pela Secretaria Extraordinária de Cultura (Secult) e Fundação José Augusto (FJA), o Governo do Rio Grande do Norte promove a segunda edição do festival RN Instrumental.

De 07 a 11 de maio (terça-feira a sábado), o Teatro Alberto Maranhão será o palco para destacados talentos da música instrumental potiguar, demonstrando o virtuosismo do estado nesta vertente musical. O evento, organizado pela Passaia Produções, com assessoria da Moon Arts, terá início às 19h, com duas atrações por noite. A entrada é gratuita, com os ingressos disponíveis a partir das 18h na bilheteria do TAM.

A programação começa nesta terça-feira (07) com apresentações de Toni Gregório, Stallone Terto e Camarones Orquestra Guitarrística, encerrando no sábado (11) com Cacá Velloso, Jow Ferreira e Joca Costa.

“O RN Instrumental é um projeto audacioso que destaca a qualidade da música potiguar neste estilo específico. Serão cinco dias com uma programação diversificada, abrangendo gêneros que vão do jazz ao funk, passando pelo samba, chorinho e rock. Tudo isso no prestigioso palco do Teatro Alberto Maranhão, um monumento histórico que já recebeu inúmeros artistas nacionais e internacionais”, ressaltou Gilson Matias, diretor geral da Fundação José Augusto.

Eduardo Passaia, produtor e músico, enfatizou o sucesso do primeiro ano do RN Instrumental: “Foi um grande desafio, muito bem-sucedido. Recebemos inúmeros elogios e agradecimentos dos artistas instrumentais do nosso estado, além de alcançar nossos objetivos.”

Após a série de shows em Natal, o projeto seguirá para Mossoró (datas serão divulgadas em breve), ocupando o palco do Teatro Lauro Monte Filho. “Estamos levando o espetáculo da música instrumental potiguar não apenas através do nosso canal no Youtube, como foi na primeira edição, mas também presencialmente, com infraestrutura de shows nacionais, destacando o talento dos artistas locais e a capacidade de produção artística e cultural do nosso estado, comenta Passaia.

Cada atração terá uma música gravada em formato audiovisual e publicada no canal RN Instrumental no Youtube, que conta com mais de 8.500 inscritos e mais de 1 milhão e trezentas mil visualizações.

O projeto RN Instrumental é financiado pelo Governo do RN (Programa Cultural Câmara Cascudo/SECULT/FJA), com patrocínio da STA Caminhões através de renúncia fiscal, e apoio da Intertv Cabugi.

Confira a programação

– Dia 07/05 (terça-feira) – Toni Gregório & Stallone Terto | Camarones Orquestra Guitarrística.
– Dia 08/05 (quarta-feira) – Priscila Matos | Regional Choro Do Elefante.
– Dia 09/05 (quinta-feira) – Eduardo Taufic & Mônica Michelly | Jubileu Filho & Sérgio Groove.
– Dia 10/05 (sexta-feira) – Choro da Terra & Alexandre Moreira | Carlos Zens.
– Dia 11/05 (sábado) – Cacá Velloso & Jow Ferreira | Joca Costa.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Aconte nesta semana a segunda edição do Festival RN Instrumental



Com um investimento de R$ 475 mil através do Programa Cultural Câmara Cascudo, gerenciado pela Secretaria Extraordinária de Cultura (Secult) e Fundação José Augusto (FJA), o Governo do Rio Grande do Norte promove a segunda edição do festival RN Instrumental.

De 07 a 11 de maio (terça-feira a sábado), o Teatro Alberto Maranhão será o palco para destacados talentos da música instrumental potiguar, demonstrando o virtuosismo do estado nesta vertente musical. O evento, organizado pela Passaia Produções, com assessoria da Moon Arts, terá início às 19h, com duas atrações por noite. A entrada é gratuita, com os ingressos disponíveis a partir das 18h na bilheteria do TAM.

A programação começa nesta terça-feira (07) com apresentações de Toni Gregório, Stallone Terto e Camarones Orquestra Guitarrística, encerrando no sábado (11) com Cacá Velloso, Jow Ferreira e Joca Costa.

“O RN Instrumental é um projeto audacioso que destaca a qualidade da música potiguar neste estilo específico. Serão cinco dias com uma programação diversificada, abrangendo gêneros que vão do jazz ao funk, passando pelo samba, chorinho e rock. Tudo isso no prestigioso palco do Teatro Alberto Maranhão, um monumento histórico que já recebeu inúmeros artistas nacionais e internacionais”, ressaltou Gilson Matias, diretor geral da Fundação José Augusto.

Eduardo Passaia, produtor e músico, enfatizou o sucesso do primeiro ano do RN Instrumental: “Foi um grande desafio, muito bem-sucedido. Recebemos inúmeros elogios e agradecimentos dos artistas instrumentais do nosso estado, além de alcançar nossos objetivos.”

Após a série de shows em Natal, o projeto seguirá para Mossoró (datas serão divulgadas em breve), ocupando o palco do Teatro Lauro Monte Filho. “Estamos levando o espetáculo da música instrumental potiguar não apenas através do nosso canal no Youtube, como foi na primeira edição, mas também presencialmente, com infraestrutura de shows nacionais, destacando o talento dos artistas locais e a capacidade de produção artística e cultural do nosso estado, comenta Passaia.

Cada atração terá uma música gravada em formato audiovisual e publicada no canal RN Instrumental no Youtube, que conta com mais de 8.500 inscritos e mais de 1 milhão e trezentas mil visualizações.

O projeto RN Instrumental é financiado pelo Governo do RN (Programa Cultural Câmara Cascudo/SECULT/FJA), com patrocínio da STA Caminhões através de renúncia fiscal, e apoio da Intertv Cabugi.

Confira a programação

– Dia 07/05 (terça-feira) – Toni Gregório & Stallone Terto | Camarones Orquestra Guitarrística.
– Dia 08/05 (quarta-feira) – Priscila Matos | Regional Choro Do Elefante.
– Dia 09/05 (quinta-feira) – Eduardo Taufic & Mônica Michelly | Jubileu Filho & Sérgio Groove.
– Dia 10/05 (sexta-feira) – Choro da Terra & Alexandre Moreira | Carlos Zens.
– Dia 11/05 (sábado) – Cacá Velloso & Jow Ferreira | Joca Costa.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos