Imagem Redes Sociais

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Legenda que fez a maior bancada na eleição municipal passada, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), de Barcelona, está fraturado. Três vereadores, Israel Mafra, Cristina de Natelmo e Marcos Barreto apoiam o prefeito Fabiano de Vavá, enquanto Cacau e Léo Peppa estão no bloco oposicionista.

A tendência é que os flancos partidários sigam rumos diferentes para o pleito de 2024. “Minha relação com os vereadores é amistosa e cordial, mas infelizmente cada um segue seus próprios projetos pessoais ao invés de se pensar no coletivo”, declara o vereador Israel.

O PSDB na eleição de 2020 foi às ruas com a candidatura à reeleição de Neto Mafra, que foi superado por Fabiano de Vavá (PSD). Neto tem acordo fechado para ser o vice do grupo do ex-prefeito Zamith, que está inelegível, e deve escolher algum familiar para ser o cabeça de chapa.

“O PSDB não terá candidato à prefeito”, anuncia Israel, que pondera que a postura de Neto fez com que os edis da legenda abrissem divergência partidária, “Neto Mafra não é o candidato da oposição e já declarou apoio a um candidato apoiado pelo ex-prefeito Zamith, os vereadores do PSDB não concordam com esse posicionamento.”

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



A fratura do PSDB de Barcelona



Legenda que fez a maior bancada na eleição municipal passada, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), de Barcelona, está fraturado. Três vereadores, Israel Mafra, Cristina de Natelmo e Marcos Barreto apoiam o prefeito Fabiano de Vavá, enquanto Cacau e Léo Peppa estão no bloco oposicionista.

A tendência é que os flancos partidários sigam rumos diferentes para o pleito de 2024. “Minha relação com os vereadores é amistosa e cordial, mas infelizmente cada um segue seus próprios projetos pessoais ao invés de se pensar no coletivo”, declara o vereador Israel.

O PSDB na eleição de 2020 foi às ruas com a candidatura à reeleição de Neto Mafra, que foi superado por Fabiano de Vavá (PSD). Neto tem acordo fechado para ser o vice do grupo do ex-prefeito Zamith, que está inelegível, e deve escolher algum familiar para ser o cabeça de chapa.

“O PSDB não terá candidato à prefeito”, anuncia Israel, que pondera que a postura de Neto fez com que os edis da legenda abrissem divergência partidária, “Neto Mafra não é o candidato da oposição e já declarou apoio a um candidato apoiado pelo ex-prefeito Zamith, os vereadores do PSDB não concordam com esse posicionamento.”


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos