Fugitivos de Alcaçuz são recapturados em Natal



Imagem Foto: Polícia Civil/Divulgação
0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Na noite desta terça-feira (21), a Polícia Civil de Natal efetuou a prisão dos dois apenados que haviam fugido da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, localizada no Complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Gustavo da Rocha Dias, 29 anos, e Ricardo Campelo da Silva, 43 anos, foram encontrados na Comunidade do Japão, bairro Quintas, Zona Oeste da capital potiguar. A ação foi liderada pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur).

Após mais de 20 dias de fuga, os fugitivos foram localizados na posse de duas armas de fogo, munições e celulares. Além disso, uma mulher de 25 anos também foi detida por envolvimento em furto. Segundo informações da Polícia Civil, as investigações indicaram a Comunidade do Japão como possível esconderijo dos fugitivos e sua ligação com outros crimes.

Os foragidos foram autuados por posse ilegal de arma de fogo e reconduzidos ao sistema prisional, onde retornarão à penitenciária da qual escaparam. A captura ocorreu após o comando do 10º Batalhão da PM relatar que um dos suspeitos foi avistado em Assu, região Oeste do estado. No entanto, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) não confirmou se o indivíduo avistado em Assu era de fato um dos fugitivos.

A fuga

A fuga ocorreu durante no dia 30 de abril, os detentos estavam realizando um serviço no local, quando aproveitaram a ausência de agentes penitenciários no momento e fugiram. Eles usaram ferramentas para abrir duas portas e uma grade. Após saírem das dependências do presídio, os criminosos roubaram uma bicicleta. O governo chegou a oferecer uma recompensa de R$ 5 mil por cada fugitivo.

Polícia está na busca dos fugitivos – Foto: Reprodução



O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte


Fugitivos de Alcaçuz são recapturados em Natal



Imagem Foto: Polícia Civil/Divulgação


Na noite desta terça-feira (21), a Polícia Civil de Natal efetuou a prisão dos dois apenados que haviam fugido da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, localizada no Complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Gustavo da Rocha Dias, 29 anos, e Ricardo Campelo da Silva, 43 anos, foram encontrados na Comunidade do Japão, bairro Quintas, Zona Oeste da capital potiguar. A ação foi liderada pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur).

Após mais de 20 dias de fuga, os fugitivos foram localizados na posse de duas armas de fogo, munições e celulares. Além disso, uma mulher de 25 anos também foi detida por envolvimento em furto. Segundo informações da Polícia Civil, as investigações indicaram a Comunidade do Japão como possível esconderijo dos fugitivos e sua ligação com outros crimes.

Os foragidos foram autuados por posse ilegal de arma de fogo e reconduzidos ao sistema prisional, onde retornarão à penitenciária da qual escaparam. A captura ocorreu após o comando do 10º Batalhão da PM relatar que um dos suspeitos foi avistado em Assu, região Oeste do estado. No entanto, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) não confirmou se o indivíduo avistado em Assu era de fato um dos fugitivos.

A fuga

A fuga ocorreu durante no dia 30 de abril, os detentos estavam realizando um serviço no local, quando aproveitaram a ausência de agentes penitenciários no momento e fugiram. Eles usaram ferramentas para abrir duas portas e uma grade. Após saírem das dependências do presídio, os criminosos roubaram uma bicicleta. O governo chegou a oferecer uma recompensa de R$ 5 mil por cada fugitivo.

Polícia está na busca dos fugitivos – Foto: Reprodução

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos