0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Rio Grande do Norte tem imenso potencial para as práticas de ecoturismo, turismo de aventura, de serras e de montanhas. O que pouca gente sabe, no entanto, é que o RN é o quarto estado do país em quantidade de cavernas, possuindo também imenso potencial espeleoturístico. O pequeno município de Felipe Guerra, com menos de seis mil habitantes, localizado na região Oeste Potiguar e próximo da segunda maior cidade do estado, Mossoró, concentra a maior quantidade de cavernas em terras potiguares.

Com 454 cavernas, a terra que já foi conhecida como Pedra das Abelhas, Felipe Guerra terá o privilégio de reunir em um dia grandes nomes para debater quatro principais temas que estão ligados diretamente ao progresso para a geração de empregos, renda e o desenvolvimento sustentável de uma maneira mais ampla.

No dia 15 de maio, com início programado às 9h30, no Auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social do Município de Felipe Guerra, o workshop “É Preciso Ousar Para Crescer”, contará com a presença das maiores autoridades em suas respectivas áreas e repassará aprendizados e os seus maiores cases de sucesso. Serão emitidos certificados aos Participantes e aos Palestrantes, com descrição das temáticas abordadas e carga horária. Objetivando apresentar soluções e caminhos para uma nova era, o workshop apresentará ao público participante as temáticas do turismo, desenvolvimento econômico, empreendedorismo e sustentabilidade.

Os palestrantes são reconhecidos nacional e internacionalmente pelo profundo conhecimento sobre cada um dos temas que serão debatidos de uma forma mais ampla. O workshop será somente para convidados, que serão recebidos no município de Felipe Guerra. Entre o seu público participante haverá secretários municipais de turismo de várias regiões do estado do RN, gestores de turismo, empresários, lojistas, universitários, líderes, agências e operadores de turismo, comerciantes, donos de restaurantes, hotéis, pousadas e gestores municipais.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Workshop debate o futuro do turismo no município de Felipe Guerra, que tem 454 cavernas conhecidas



O Rio Grande do Norte tem imenso potencial para as práticas de ecoturismo, turismo de aventura, de serras e de montanhas. O que pouca gente sabe, no entanto, é que o RN é o quarto estado do país em quantidade de cavernas, possuindo também imenso potencial espeleoturístico. O pequeno município de Felipe Guerra, com menos de seis mil habitantes, localizado na região Oeste Potiguar e próximo da segunda maior cidade do estado, Mossoró, concentra a maior quantidade de cavernas em terras potiguares.

Com 454 cavernas, a terra que já foi conhecida como Pedra das Abelhas, Felipe Guerra terá o privilégio de reunir em um dia grandes nomes para debater quatro principais temas que estão ligados diretamente ao progresso para a geração de empregos, renda e o desenvolvimento sustentável de uma maneira mais ampla.

No dia 15 de maio, com início programado às 9h30, no Auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social do Município de Felipe Guerra, o workshop “É Preciso Ousar Para Crescer”, contará com a presença das maiores autoridades em suas respectivas áreas e repassará aprendizados e os seus maiores cases de sucesso. Serão emitidos certificados aos Participantes e aos Palestrantes, com descrição das temáticas abordadas e carga horária. Objetivando apresentar soluções e caminhos para uma nova era, o workshop apresentará ao público participante as temáticas do turismo, desenvolvimento econômico, empreendedorismo e sustentabilidade.

Os palestrantes são reconhecidos nacional e internacionalmente pelo profundo conhecimento sobre cada um dos temas que serão debatidos de uma forma mais ampla. O workshop será somente para convidados, que serão recebidos no município de Felipe Guerra. Entre o seu público participante haverá secretários municipais de turismo de várias regiões do estado do RN, gestores de turismo, empresários, lojistas, universitários, líderes, agências e operadores de turismo, comerciantes, donos de restaurantes, hotéis, pousadas e gestores municipais.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos