Imagem Reprodução/Web

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O domingo foi de jogos importantes no Campeonato Potiguar de Futebol Feminino. União e Alecrim venceram seus adversários nas semifinais e vão decidir não somente o título estadual, mas a vaga de representante do Rio Grande do Norte na Série A3 do Campeonato Brasileiro de 2024.

As duas semifinais aconteceram no Juvenal Lamartine. Na primeira delas, às 8h30 da manhã, a União de Extremoz derrotou o Potyguar Seridoense por 5×2, com os gols marcados por Dai, Bebê, Yasmin (contra), Josy e Dani. Apesar disso, o gol mais bonito da partida foi marcado por Vitória, do Potyguar: um gol olímpico, ainda no primeiro tempo. Ela também marcou o segundo gol da equipe do Seridó, de pênalti.

Já a outra partida, um clássico natalense entre ABC e Alecrim, terminou empatada no tempo regulamentar por 1×1, com Vitória abrindo o placar para o clube esmeraldino e Laura empatando para o alvinegro. Nos pênaltis, o Alecrim venceu por 5×4.

União foi imbatível na primeira fase e confirma o favoritismo; ABC decepciona

Na primeira fase, as meninas da União atropelaram quem passou pela frente. Foram quase 40 gols marcados em cinco jogos e apenas 1 sofrido, na partida em que venceu por 8×1 o mesmo Potyguar que voltaria a derrotar na semifinal. O time de Extremoz também emplacou a maior goleada do campeonato: 14×0 em cima do Potiguar de Mossoró. Com esse saldo, a União, que já é a maior vitoriosa no torneio (foi campeão em 2015, 2017, 2021 e 2022, além de vice em 2019 e 2020) confirma seu favoritismo na busca do penta.

O ABC foi a grande decepção dessa edição. Isso porque o clube alvinegro foi o segundo colocado na primeira fase e também aplicou derrotas amargas para seus adversários, como o 10×0 sobre o Monamy. Com apenas uma derrota (justamente para o União, por 5×0, na primeira rodada), o ABC buscava o segundo título na competição. Longe da hegemonia consolidada no futebol masculino, o time do Frasqueirão conquistou, no futebol feminino, apenas o Campeonato Potiguar de 2007, sem nunca mais ter voltado a levantar o troféu. As melhores colocações foram três vice-campeonatos em 2008, 2009 e 2010. A derrota para o Alecrim encerrou o sonho do bi, pelo menos por enquanto.

Comendo pelas beiradas, o Alecrim busca façanha; a final reeditará a decisão de 2021

O Alecrim segue numa epopeia em busca de um título inédito. Com o péssimo resultado no futebol masculino (o time terminou em último lugar no Estadual, voltando a ser rebaixado para a segunda divisão), as atletas femininas se tornaram a grande esperança esmeraldina para levantar taças. Seria uma façanha e tanto: com uma campanha mediana na primeira fase (três vitórias e dois empates), o time chegou com muita expectativa na semifinal, mesmo para enfrentar um ABC que já o havia vencido na primeira fase por 1×0. O empate na semifinal e a vitória aguerrida nos pênaltis demonstrou que o Alecrim pode até não ter o melhor futebol, mas joga com o coração na ponta da chuteira.

O duelo entre União e Alecrim reeditará a final de 2021, ocasião em que o União conquistou, com a vitória de 1×0, seu terceiro título, e o time do periquito pela primeira vez chegou ao vice-campeonato.

A final do Campeonato Potiguar Feminino de 2023 ocorrerá no próximo domingo (10), em partida única no Arena das Dunas. O horário ainda não está definido.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



União e Alecrim reeditam no próximo domingo a final de 2021 no Campeonato Potiguar Feminino



O domingo foi de jogos importantes no Campeonato Potiguar de Futebol Feminino. União e Alecrim venceram seus adversários nas semifinais e vão decidir não somente o título estadual, mas a vaga de representante do Rio Grande do Norte na Série A3 do Campeonato Brasileiro de 2024.

As duas semifinais aconteceram no Juvenal Lamartine. Na primeira delas, às 8h30 da manhã, a União de Extremoz derrotou o Potyguar Seridoense por 5×2, com os gols marcados por Dai, Bebê, Yasmin (contra), Josy e Dani. Apesar disso, o gol mais bonito da partida foi marcado por Vitória, do Potyguar: um gol olímpico, ainda no primeiro tempo. Ela também marcou o segundo gol da equipe do Seridó, de pênalti.

Já a outra partida, um clássico natalense entre ABC e Alecrim, terminou empatada no tempo regulamentar por 1×1, com Vitória abrindo o placar para o clube esmeraldino e Laura empatando para o alvinegro. Nos pênaltis, o Alecrim venceu por 5×4.

União foi imbatível na primeira fase e confirma o favoritismo; ABC decepciona

Na primeira fase, as meninas da União atropelaram quem passou pela frente. Foram quase 40 gols marcados em cinco jogos e apenas 1 sofrido, na partida em que venceu por 8×1 o mesmo Potyguar que voltaria a derrotar na semifinal. O time de Extremoz também emplacou a maior goleada do campeonato: 14×0 em cima do Potiguar de Mossoró. Com esse saldo, a União, que já é a maior vitoriosa no torneio (foi campeão em 2015, 2017, 2021 e 2022, além de vice em 2019 e 2020) confirma seu favoritismo na busca do penta.

O ABC foi a grande decepção dessa edição. Isso porque o clube alvinegro foi o segundo colocado na primeira fase e também aplicou derrotas amargas para seus adversários, como o 10×0 sobre o Monamy. Com apenas uma derrota (justamente para o União, por 5×0, na primeira rodada), o ABC buscava o segundo título na competição. Longe da hegemonia consolidada no futebol masculino, o time do Frasqueirão conquistou, no futebol feminino, apenas o Campeonato Potiguar de 2007, sem nunca mais ter voltado a levantar o troféu. As melhores colocações foram três vice-campeonatos em 2008, 2009 e 2010. A derrota para o Alecrim encerrou o sonho do bi, pelo menos por enquanto.

Comendo pelas beiradas, o Alecrim busca façanha; a final reeditará a decisão de 2021

O Alecrim segue numa epopeia em busca de um título inédito. Com o péssimo resultado no futebol masculino (o time terminou em último lugar no Estadual, voltando a ser rebaixado para a segunda divisão), as atletas femininas se tornaram a grande esperança esmeraldina para levantar taças. Seria uma façanha e tanto: com uma campanha mediana na primeira fase (três vitórias e dois empates), o time chegou com muita expectativa na semifinal, mesmo para enfrentar um ABC que já o havia vencido na primeira fase por 1×0. O empate na semifinal e a vitória aguerrida nos pênaltis demonstrou que o Alecrim pode até não ter o melhor futebol, mas joga com o coração na ponta da chuteira.

O duelo entre União e Alecrim reeditará a final de 2021, ocasião em que o União conquistou, com a vitória de 1×0, seu terceiro título, e o time do periquito pela primeira vez chegou ao vice-campeonato.

A final do Campeonato Potiguar Feminino de 2023 ocorrerá no próximo domingo (10), em partida única no Arena das Dunas. O horário ainda não está definido.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos