Imagem Reprodução

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A Polícia Civil prendeu no fim da manhã desta quarta-feira, 24 um servidor do TJRN e advogado, identificado como João Carvalho, suspeito do assassinato da psicóloga Fabiana Maia Veras, de 42 anos, morta na tarde de terça-feira 23, em Assu, no Oeste potiguar.

Segundo informações preliminares, a prisão aconteceu em Natal, em um Condomínio no Bairro Nova Descoberta.

Veja momento da prisão

Fabiana Veras foi encontrada morta dentro da casa onde morava. Peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) concluíram a perícia no caso do assassinato da psicóloga. De acordo com a análise, a vítima foi morta com golpes de um objeto cortante, possivelmente uma faca. Indícios sugerem que a vítima lutou contra o agressor, pois apresentava cortes nas mãos.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Servidor do TJRN suspeito de matar psicóloga em Assu é preso em Natal



A Polícia Civil prendeu no fim da manhã desta quarta-feira, 24 um servidor do TJRN e advogado, identificado como João Carvalho, suspeito do assassinato da psicóloga Fabiana Maia Veras, de 42 anos, morta na tarde de terça-feira 23, em Assu, no Oeste potiguar.

Segundo informações preliminares, a prisão aconteceu em Natal, em um Condomínio no Bairro Nova Descoberta.

Veja momento da prisão

Fabiana Veras foi encontrada morta dentro da casa onde morava. Peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) concluíram a perícia no caso do assassinato da psicóloga. De acordo com a análise, a vítima foi morta com golpes de um objeto cortante, possivelmente uma faca. Indícios sugerem que a vítima lutou contra o agressor, pois apresentava cortes nas mãos.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos