Prisão na Paraíba: suspeito de assassinar policial penal do RN é capturado



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Um suspeito de envolvimento no assassinato do policial penal Carlos Eduardo Nazário, ocorrido em São Gonçalo do Amarante, foi preso nessa sexta-feira (24) em São Sebastião de Lagoa de Roça, na Paraíba. A ação, realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Rio Grande do Norte (FICCO/RN) em conjunto com a Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP/Natal), resultou no cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

O crime que vitimou o policial penal ocorreu em 17 de março do ano passado, durante uma onda de ataques criminosos no RN. Nazário foi alvo de um atentado por dois indivíduos armados, resultando em seu falecimento no hospital, após ser atingido por três disparos, nos braços, pernas e tórax.

Esta não foi a primeira prisão relacionada ao caso. Em 20 de março de 2023, outro suspeito foi detido em São Gonçalo do Amarante, portando uma pistola 9mm e munições, além de ter ligações com a facção criminosa responsável pelos ataques no estado, segundo informações da Polícia Civil à época.




O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte


Prisão na Paraíba: suspeito de assassinar policial penal do RN é capturado





Um suspeito de envolvimento no assassinato do policial penal Carlos Eduardo Nazário, ocorrido em São Gonçalo do Amarante, foi preso nessa sexta-feira (24) em São Sebastião de Lagoa de Roça, na Paraíba. A ação, realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Rio Grande do Norte (FICCO/RN) em conjunto com a Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP/Natal), resultou no cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

O crime que vitimou o policial penal ocorreu em 17 de março do ano passado, durante uma onda de ataques criminosos no RN. Nazário foi alvo de um atentado por dois indivíduos armados, resultando em seu falecimento no hospital, após ser atingido por três disparos, nos braços, pernas e tórax.

Esta não foi a primeira prisão relacionada ao caso. Em 20 de março de 2023, outro suspeito foi detido em São Gonçalo do Amarante, portando uma pistola 9mm e munições, além de ter ligações com a facção criminosa responsável pelos ataques no estado, segundo informações da Polícia Civil à época.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos