Imagem Reprodução/internet

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB) caminhava para eleger entre 3 e 4 nomes para à Câmara Municipal, mas possíveis mudanças nos rumos de pré-candidatos para outras agremiações, pode levar a um rebaixamento de assentos que a federação pode conquistar.

A ex-vereadora Larissa Rosado, cotada para ir para o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), está em negociações para ser alocada em alguma legenda do sistema governista. O vereador Omar Nogueira, que estava à caminho do Partido Verde (PV), está repensando seus planos. E a ex-vereadora Aline Couto, com conversas avançadas com o PCdoB, deu uma freada na articulação, consultando outros partidos.

Uma provável debanda na Brasil da Esperança mostra que a preferência interna pelos nomes dos vereadores Marleide Cunha (PT) e Pablo Aires, que vai para o PV, e da assessora da deputada Isolda Dantas, Plúvia Oliveira (PT), acendeu um alerta em quem procurava a estrutura do PT.

Contudo, as opções na oposição para além da federação são parcas, o petismo tem a estrutura do Governo do Estado para oferecer, enquanto as outras siglas lutam para montar uma nominata, lista que o PT arrumará sem dificuldades.

O prazo máximo para filiação se encerra dia 06 que se avizinha, é aguardar as filiações para saber o quanto da oposição mossoroense irá sobreviver na corrida ao Legislativo.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Pré-candidatos à Câmara freiam conversações com a federação do PT de Mossoró



A federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB) caminhava para eleger entre 3 e 4 nomes para à Câmara Municipal, mas possíveis mudanças nos rumos de pré-candidatos para outras agremiações, pode levar a um rebaixamento de assentos que a federação pode conquistar.

A ex-vereadora Larissa Rosado, cotada para ir para o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), está em negociações para ser alocada em alguma legenda do sistema governista. O vereador Omar Nogueira, que estava à caminho do Partido Verde (PV), está repensando seus planos. E a ex-vereadora Aline Couto, com conversas avançadas com o PCdoB, deu uma freada na articulação, consultando outros partidos.

Uma provável debanda na Brasil da Esperança mostra que a preferência interna pelos nomes dos vereadores Marleide Cunha (PT) e Pablo Aires, que vai para o PV, e da assessora da deputada Isolda Dantas, Plúvia Oliveira (PT), acendeu um alerta em quem procurava a estrutura do PT.

Contudo, as opções na oposição para além da federação são parcas, o petismo tem a estrutura do Governo do Estado para oferecer, enquanto as outras siglas lutam para montar uma nominata, lista que o PT arrumará sem dificuldades.

O prazo máximo para filiação se encerra dia 06 que se avizinha, é aguardar as filiações para saber o quanto da oposição mossoroense irá sobreviver na corrida ao Legislativo.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos