Atleta potiguar Priscila Silva é eleita Rainha da América

Futebol feminino Priscila Silva, que veste a camisa 11 do Internacional de Porto Alegre, teve um ano marcado por conquistas, como a convocação para a Seleção Brasileira e a artilharia da Taça Libertadores da América.


|


Imagem Reprodução/Web





A jogadora do Internacional de Porto Alegre, Priscila Silva, de apenas 19 anos, não poderia ter fechado 2023 de melhor forma. Além de ter sido o ano em que obteve sua primeira convocação para a Seleção Brasileira, ela também foi eleita, em votação realizada pelo portal El País do Uruguai, a Rainha da América!

Priscila, que estreou na equipe profissional há pouco mais de um ano, já havia feito história este ano ao ser artilheira da Libertadores. A equipe gaúcha chegou às semifinais, mas foi o suficiente para que a potiguar, com oito gols marcados em seis jogos, assumisse o posto de principal goleadora do torneio.

Mesmo não tendo levantado o caneco na Libertadores, o ano foi vitorioso para as Gurias Coloradas, como são chamadas. O clube conquistou o Campeonato Gaúcho e a Brasil Ladies Cup. Priscila, que veste a camisa 11, encarnou o sucesso do Inter, desbancando jogadoras renomadas e se tornando a atleta preferida do público neste ano que se fecha.

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments



Atleta potiguar Priscila Silva é eleita Rainha da América


Imagem Reprodução/Web

Futebol feminino Priscila Silva, que veste a camisa 11 do Internacional de Porto Alegre, teve um ano marcado por conquistas, como a convocação para a Seleção Brasileira e a artilharia da Taça Libertadores da América.


A jogadora do Internacional de Porto Alegre, Priscila Silva, de apenas 19 anos, não poderia ter fechado 2023 de melhor forma. Além de ter sido o ano em que obteve sua primeira convocação para a Seleção Brasileira, ela também foi eleita, em votação realizada pelo portal El País do Uruguai, a Rainha da América!

Priscila, que estreou na equipe profissional há pouco mais de um ano, já havia feito história este ano ao ser artilheira da Libertadores. A equipe gaúcha chegou às semifinais, mas foi o suficiente para que a potiguar, com oito gols marcados em seis jogos, assumisse o posto de principal goleadora do torneio.

Mesmo não tendo levantado o caneco na Libertadores, o ano foi vitorioso para as Gurias Coloradas, como são chamadas. O clube conquistou o Campeonato Gaúcho e a Brasil Ladies Cup. Priscila, que veste a camisa 11, encarnou o sucesso do Inter, desbancando jogadoras renomadas e se tornando a atleta preferida do público neste ano que se fecha.

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments