Operação Nessun Dorma, da Polícia Civil, efetuou sete prisões

Caso de polícia Operação trabalha para desmantelar uma facção que pretende instituir um "poder paralelo" na região


|


Imagem Divulgação/Polícia Civil





A Operação Nessun Dorma, da Polícia Civil, cumpriu oito mandados de prisão e seis de busca e apreensão no município de São Paulo do Potengi. Desse esforço, foram presos cinco suspeitos de associação criminosa, tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

O propósito da operação, segundo o delegado Rafael Câmara, foi desmantelar uma facção criminosa envolvida em delitos graves (de homicídios a tráfico de drogas e tortura). Ele frisa que essa facção pretendia se instituir como um poder paralelo, fenômeno que tem perigosamente crescido no país, e nossa região não está blindada. Dentre os presos, há uma mulher e seis homens.

A operação foi coordenada pela 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de São Paulo do Potengi e contou com a colaboração de vários outros órgãos de segurança, como a Delegacia de Política do Interior (DPCIN) e a Delegacia de Polícia da Grande Natal (DPGRAN), entre outros.

Com informações do Agora RN

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments



Operação Nessun Dorma, da Polícia Civil, efetuou sete prisões


Imagem Divulgação/Polícia Civil

Caso de polícia Operação trabalha para desmantelar uma facção que pretende instituir um "poder paralelo" na região


A Operação Nessun Dorma, da Polícia Civil, cumpriu oito mandados de prisão e seis de busca e apreensão no município de São Paulo do Potengi. Desse esforço, foram presos cinco suspeitos de associação criminosa, tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

O propósito da operação, segundo o delegado Rafael Câmara, foi desmantelar uma facção criminosa envolvida em delitos graves (de homicídios a tráfico de drogas e tortura). Ele frisa que essa facção pretendia se instituir como um poder paralelo, fenômeno que tem perigosamente crescido no país, e nossa região não está blindada. Dentre os presos, há uma mulher e seis homens.

A operação foi coordenada pela 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de São Paulo do Potengi e contou com a colaboração de vários outros órgãos de segurança, como a Delegacia de Política do Interior (DPCIN) e a Delegacia de Polícia da Grande Natal (DPGRAN), entre outros.

Com informações do Agora RN

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments