Fim da caçada: Fugitivos da Penitenciária de Mossoró são presos no Pará



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Após 50 dias de busca, a Polícia Federal confirmou na tarde desta quinta-feira (4), que conseguiu prender Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró no último dia 14 de fevereiro. 

“Na tarde desta quinta-feira (4), em uma ação conjunta das polícias Federal e Rodoviária Federal, foram presos, em Marabá (PA), os foragidos do Sistema Penitenciário Federal Rogério Mendonça e Deibson Nascimento”, informou a Polícia Federal em nota oficial.

Cerca de 600 agentes de várias forças de segurança pública federais e estaduais participaram da busca pelos fugitivos, além do uso de equipamentos como helicópteros e o auxílio de cães farejadores.

As buscas na região de Mossoró foram encerradas há exatamente uma semana, depois de mais de 40 dias de trabalho ininterrupto na procura pela dupla.

Segundo informações do Ministério da Justiça foi gasto mais de R$ 1,5 milhão na força-tarefa de buscas, sendo R$ 947.380,00 só com diárias operacionais, R$ 115.446,02 com manutenção e abastecimento de viaturas, e R$ 100.908,96 com assistência e saúde para os agentes de segurança, esse valor corresponde até o dia 18 de março.

De acordo com investigadores, em contato com a TV Globo, a recaptura e devolução da dupla à Penitenciária Federal de Mossoró é “questão de honra” para o Ministério da Justiça.

Fim da caçada: Fugitivos da Penitenciária de Mossoró são presos no Pará



Após 50 dias de busca, a Polícia Federal confirmou na tarde desta quinta-feira (4), que conseguiu prender Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró no último dia 14 de fevereiro. 

“Na tarde desta quinta-feira (4), em uma ação conjunta das polícias Federal e Rodoviária Federal, foram presos, em Marabá (PA), os foragidos do Sistema Penitenciário Federal Rogério Mendonça e Deibson Nascimento”, informou a Polícia Federal em nota oficial.

Cerca de 600 agentes de várias forças de segurança pública federais e estaduais participaram da busca pelos fugitivos, além do uso de equipamentos como helicópteros e o auxílio de cães farejadores.

As buscas na região de Mossoró foram encerradas há exatamente uma semana, depois de mais de 40 dias de trabalho ininterrupto na procura pela dupla.

Segundo informações do Ministério da Justiça foi gasto mais de R$ 1,5 milhão na força-tarefa de buscas, sendo R$ 947.380,00 só com diárias operacionais, R$ 115.446,02 com manutenção e abastecimento de viaturas, e R$ 100.908,96 com assistência e saúde para os agentes de segurança, esse valor corresponde até o dia 18 de março.

De acordo com investigadores, em contato com a TV Globo, a recaptura e devolução da dupla à Penitenciária Federal de Mossoró é “questão de honra” para o Ministério da Justiça.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte