0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Nikki Haley é a principal adversária de Donald Trump nas eleições primárias do Partido Republicano, aquelas que definem que candidato do partido vai disputar as eleições gerais, e tem colecionado amargas derrotas. 

Mas nenhuma supera a derrota que sofreu neste último sábado (24/02). 

Isso porque Nikki Haley foi governadora da Carolina do Sul por 2 mandatos, sendo esse seu principal reduto eleitoral contra Donald Trump. 

No entanto, o fato de ter colecionado duas boas gestões à frente da Carolina do Sul como governadora não foram suficientes para ganhar do ex-presidente dos Estados Unidos, que está em uma ascensão meteórica nas primárias do partido Republicano. 

Foram 59,8% de votos a favor de Donald Trump contra 39,5% de Nikki Haley. 

Com isso, a última esperança da candidata do Partido Republicano contra Donald Trump é na famosa “Super Terça-Feira” [em inglês, Super Tuesday], em que 15 estados americanos votam para decidir que candidato republicano disputará a eleição contra o candidato democrata. 

A leitura que se tem atualmente é de uma primária vitoriosa para o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que não terá muitos problemas em vencer as os caucuses estaduais e deve se lançar com vantagem contra Joe Biden do Partido Democrata. 

Fonte: Redação

Foto: REUTERS

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Nikki Haley é derrotada em mais uma primária, e dessa vez é no seu próprio estado



Nikki Haley é a principal adversária de Donald Trump nas eleições primárias do Partido Republicano, aquelas que definem que candidato do partido vai disputar as eleições gerais, e tem colecionado amargas derrotas. 

Mas nenhuma supera a derrota que sofreu neste último sábado (24/02). 

Isso porque Nikki Haley foi governadora da Carolina do Sul por 2 mandatos, sendo esse seu principal reduto eleitoral contra Donald Trump. 

No entanto, o fato de ter colecionado duas boas gestões à frente da Carolina do Sul como governadora não foram suficientes para ganhar do ex-presidente dos Estados Unidos, que está em uma ascensão meteórica nas primárias do partido Republicano. 

Foram 59,8% de votos a favor de Donald Trump contra 39,5% de Nikki Haley. 

Com isso, a última esperança da candidata do Partido Republicano contra Donald Trump é na famosa “Super Terça-Feira” [em inglês, Super Tuesday], em que 15 estados americanos votam para decidir que candidato republicano disputará a eleição contra o candidato democrata. 

A leitura que se tem atualmente é de uma primária vitoriosa para o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que não terá muitos problemas em vencer as os caucuses estaduais e deve se lançar com vantagem contra Joe Biden do Partido Democrata. 

Fonte: Redação

Foto: REUTERS


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos