Ministério Público do RN investiga uso indevido de viaturas por policiais
Imagem Ministério Público do RN investiga uso indevido de viaturas por policiais

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A prática de utilizar viaturas da polícia ou veículos oficiais para atividades pessoais, como frequentar supermercados e academias, não é algo incomum em Natal e no interior do Rio Grande do Norte. 

Veículos oficiais da polícia têm sido usados em situações que não se relacionam com as responsabilidades profissionais dos policiais, em plena luz do dia. 

Contudo, antes tarde do que nunca, o Ministério Público do RN decidiu investigar a questão, afinal, esses veículos são bens públicos mantidos pelos cofres do Estado.

O inquérito foi oficialmente aberto em 15 de fevereiro, mas sua publicação ocorreu somente hoje, 20, no Diário Oficial do Estado. 

De acordo com o promotor de Justiça Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo, a investigação visa aprimorar o controle do uso das viaturas do sistema prisional.

Tudo começou quando o MPRN recebeu uma denúncia indicando que policiais penais estariam utilizando os veículos oficiais, abastecidos com combustível do Estado, de maneira inadequada e para fins pessoais. 

Os usos seriam diversos, tipo tirar plantões em unidades diferentes de suas atribuições e até mesmo atividades puramente pessoais, como ir a lanchonetes, supermercados e academias.

O promotor também ressaltou que o Departamento de Logística, Transporte e Manutenção da Secretaria Estadual da Administração Penitenciária reconheceu a “necessidade de revisão da Portaria da SEAP/RN” e a “implementação de novos mecanismos de controle do uso das viaturas policiais penais”. 

Este movimento demonstra a seriedade com que o Ministério Público está tratando essa questão, visando garantir o uso adequado dos recursos públicos e a responsabilidade no exercício das funções dos policiais penais.

Fonte: Redação

Imagem: Internet

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Ministério Público do RN investiga uso indevido de viaturas por policiais



Ministério Público do RN investiga uso indevido de viaturas por policiais

A prática de utilizar viaturas da polícia ou veículos oficiais para atividades pessoais, como frequentar supermercados e academias, não é algo incomum em Natal e no interior do Rio Grande do Norte. 

Veículos oficiais da polícia têm sido usados em situações que não se relacionam com as responsabilidades profissionais dos policiais, em plena luz do dia. 

Contudo, antes tarde do que nunca, o Ministério Público do RN decidiu investigar a questão, afinal, esses veículos são bens públicos mantidos pelos cofres do Estado.

O inquérito foi oficialmente aberto em 15 de fevereiro, mas sua publicação ocorreu somente hoje, 20, no Diário Oficial do Estado. 

De acordo com o promotor de Justiça Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo, a investigação visa aprimorar o controle do uso das viaturas do sistema prisional.

Tudo começou quando o MPRN recebeu uma denúncia indicando que policiais penais estariam utilizando os veículos oficiais, abastecidos com combustível do Estado, de maneira inadequada e para fins pessoais. 

Os usos seriam diversos, tipo tirar plantões em unidades diferentes de suas atribuições e até mesmo atividades puramente pessoais, como ir a lanchonetes, supermercados e academias.

O promotor também ressaltou que o Departamento de Logística, Transporte e Manutenção da Secretaria Estadual da Administração Penitenciária reconheceu a “necessidade de revisão da Portaria da SEAP/RN” e a “implementação de novos mecanismos de controle do uso das viaturas policiais penais”. 

Este movimento demonstra a seriedade com que o Ministério Público está tratando essa questão, visando garantir o uso adequado dos recursos públicos e a responsabilidade no exercício das funções dos policiais penais.

Fonte: Redação

Imagem: Internet


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos