Ivan Baron protagoniza campanha lançada pela ALRN



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Imagem Influenciador Ivan Baron – Foto: Vitor Jordan

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte está lançando uma nova campanha para combater o capacitismo, um preconceito direcionado contra pessoas com deficiência. A iniciativa inclui a divulgação de uma cartilha que visa promover a acessibilidade e a inclusão, disponível no site da Assembleia. O evento de lançamento ocorrerá nesta quarta-feira (12), às 9h, no auditório da Assembleia.

Entendendo o capacitismo

Capacitismo é um termo que descreve atitudes discriminatórias e preconceituosas contra pessoas com deficiência. Embora muitas vezes pouco discutido, é uma forma de opressão comum e frequentemente não percebida devido à sua naturalização na sociedade. A campanha visa educar e sensibilizar a população sobre essas atitudes prejudiciais e promover uma cultura de inclusão.

Protagonismo e Ativismo

A campanha será protagonizada pelo influenciador digital Ivan Baron, um ativista potiguar com paralisia cerebral, que possui mais de 512 mil seguidores no Instagram. Ivan é conhecido por sua luta contra o capacitismo e pela criação do “Guia Anticapacitista”, um e-book que oferece estratégias e depoimentos para combater o preconceito.

“A exclusão é a grande sombra de uma criança com deficiência. A gente descobre o significado dela antes mesmo de aprender a pronunciar essa palavra. De todos os obstáculos que uma criança com deficiência enfrenta ao longo da vida, o olhar carregado de julgamento é o pior. Isso sim é o que nos limita. Não podemos mais normalizar a exclusão, nem tampouco banalizar o capacitismo“, afirmou Ivan.

Ivan expressou seu orgulho em participar da campanha, mencionando que é a primeira do tipo no Rio Grande do Norte e um passo significativo na luta pela inclusão. Além dele, a campanha contará com a participação dos gêmeos Ângelo e Augusto, reforçando a mensagem de diversidade e aceitação.

Objetivos da campanha

A campanha busca:

  • Educar: Divulgar informações sobre o capacitismo e suas manifestações na sociedade.
  • Sensibilizar: Promover empatia e compreensão em relação às dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência.
  • Incluir: Incentivar a criação de ambientes mais acessíveis e inclusivos para todos.

A cartilha lançada pela Assembleia oferece orientações práticas sobre como combater o capacitismo e promover a inclusão em diversos contextos sociais e profissionais. Disponível online, ela serve como um recurso valioso para educadores, empregadores e a comunidade em geral.

Evento de lançamento

O evento de lançamento da campanha ocorrerá nesta quarta-feira (12), às 9h, no auditório da Assembleia Legislativa. Estarão presentes autoridades, ativistas e membros da comunidade para discutir a importância da campanha e os próximos passos na luta contra o capacitismo no estado.

Essa iniciativa representa um marco importante na promoção da igualdade e dos direitos das pessoas com deficiência no Rio Grande do Norte, e espera-se que inspire ações semelhantes em outras regiões do país.






O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte


Ivan Baron protagoniza campanha lançada pela ALRN



Imagem Influenciador Ivan Baron – Foto: Vitor Jordan


A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte está lançando uma nova campanha para combater o capacitismo, um preconceito direcionado contra pessoas com deficiência. A iniciativa inclui a divulgação de uma cartilha que visa promover a acessibilidade e a inclusão, disponível no site da Assembleia. O evento de lançamento ocorrerá nesta quarta-feira (12), às 9h, no auditório da Assembleia.

Entendendo o capacitismo

Capacitismo é um termo que descreve atitudes discriminatórias e preconceituosas contra pessoas com deficiência. Embora muitas vezes pouco discutido, é uma forma de opressão comum e frequentemente não percebida devido à sua naturalização na sociedade. A campanha visa educar e sensibilizar a população sobre essas atitudes prejudiciais e promover uma cultura de inclusão.

Protagonismo e Ativismo

A campanha será protagonizada pelo influenciador digital Ivan Baron, um ativista potiguar com paralisia cerebral, que possui mais de 512 mil seguidores no Instagram. Ivan é conhecido por sua luta contra o capacitismo e pela criação do “Guia Anticapacitista”, um e-book que oferece estratégias e depoimentos para combater o preconceito.

“A exclusão é a grande sombra de uma criança com deficiência. A gente descobre o significado dela antes mesmo de aprender a pronunciar essa palavra. De todos os obstáculos que uma criança com deficiência enfrenta ao longo da vida, o olhar carregado de julgamento é o pior. Isso sim é o que nos limita. Não podemos mais normalizar a exclusão, nem tampouco banalizar o capacitismo“, afirmou Ivan.

Ivan expressou seu orgulho em participar da campanha, mencionando que é a primeira do tipo no Rio Grande do Norte e um passo significativo na luta pela inclusão. Além dele, a campanha contará com a participação dos gêmeos Ângelo e Augusto, reforçando a mensagem de diversidade e aceitação.

Objetivos da campanha

A campanha busca:

  • Educar: Divulgar informações sobre o capacitismo e suas manifestações na sociedade.
  • Sensibilizar: Promover empatia e compreensão em relação às dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência.
  • Incluir: Incentivar a criação de ambientes mais acessíveis e inclusivos para todos.

A cartilha lançada pela Assembleia oferece orientações práticas sobre como combater o capacitismo e promover a inclusão em diversos contextos sociais e profissionais. Disponível online, ela serve como um recurso valioso para educadores, empregadores e a comunidade em geral.

Evento de lançamento

O evento de lançamento da campanha ocorrerá nesta quarta-feira (12), às 9h, no auditório da Assembleia Legislativa. Estarão presentes autoridades, ativistas e membros da comunidade para discutir a importância da campanha e os próximos passos na luta contra o capacitismo no estado.

Essa iniciativa representa um marco importante na promoção da igualdade e dos direitos das pessoas com deficiência no Rio Grande do Norte, e espera-se que inspire ações semelhantes em outras regiões do país.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos