Estudantes esperam aprovação do perdão das dívidas do FIES na Comissão de Educação, amanhã

Alívio nas dívidas O PL 3.652/2023, que inicialmente propunha o perdão irrestrito das dívidas de todos os estudantes com o Fies, independentemente de requerimento do devedor, agora condiciona o perdão à participação dos alunos em programas de apoio a serviços públicos.


|


Imagem Reprodução





A Comissão de Educação (CE) está programada para votar na próxima nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei 3.652/2023, proposto pelo senador Cleitinho (Republicanos-MG), que busca conceder perdão de dívidas a alunos vinculados ao Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

De acordo com a proposta revisada, cada estudante que optar por essa modalidade de quitação terá a oportunidade de contribuir em escolas, serviços de saúde ou outras áreas de políticas públicas, alinhadas à sua formação adquirida na graduação ou no curso financiado pelo Fies. Estima-se que as dívidas a serem perdoadas alcancem o montante de R$ 11 bilhões.

Se aprovado na Comissão de Educação, o projeto seguirá para a análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments



Estudantes esperam aprovação do perdão das dívidas do FIES na Comissão de Educação, amanhã


Imagem Reprodução

Alívio nas dívidas O PL 3.652/2023, que inicialmente propunha o perdão irrestrito das dívidas de todos os estudantes com o Fies, independentemente de requerimento do devedor, agora condiciona o perdão à participação dos alunos em programas de apoio a serviços públicos.


A Comissão de Educação (CE) está programada para votar na próxima nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei 3.652/2023, proposto pelo senador Cleitinho (Republicanos-MG), que busca conceder perdão de dívidas a alunos vinculados ao Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

De acordo com a proposta revisada, cada estudante que optar por essa modalidade de quitação terá a oportunidade de contribuir em escolas, serviços de saúde ou outras áreas de políticas públicas, alinhadas à sua formação adquirida na graduação ou no curso financiado pelo Fies. Estima-se que as dívidas a serem perdoadas alcancem o montante de R$ 11 bilhões.

Se aprovado na Comissão de Educação, o projeto seguirá para a análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments