Imagem Curso terá duração de 10 meses – Foto: Divulgação

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) iniciou nesta sexta-feira (19) mais um Curso de Formação de Praças (CFP). Ao todo são 53 alunos, sendo 43 homens e 10 mulheres. O concurso foi realizado em janeiro de 2023.

Com duração de 10 meses, os alunos do CFP 2024 irão cursar as disciplinas de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, salvamento aquático, terrestres e em alturas, legislações específicas, entre outras. “Eles serão capacitados para cumprirem a nobre missão que os bombeiros tem que é salvar vidas alheias e atuarão em todo o nosso Estado”, disse o comandante-geral, coronel Monteiro.

Com duração de 10 meses, os alunos do CFP 2024 irão cursar as disciplinas de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, salvamento aquático, terrestres e em alturas, legislações específicas, entre outras. “Eles serão capacitados para cumprirem a nobre missão que os bombeiros tem que é salvar vidas alheias e atuarão em todo o nosso Estado”, disse o comandante-geral, coronel Monteiro.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Corpo de Bombeiros inicia mais uma turma de soldados no RN



O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) iniciou nesta sexta-feira (19) mais um Curso de Formação de Praças (CFP). Ao todo são 53 alunos, sendo 43 homens e 10 mulheres. O concurso foi realizado em janeiro de 2023.

Com duração de 10 meses, os alunos do CFP 2024 irão cursar as disciplinas de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, salvamento aquático, terrestres e em alturas, legislações específicas, entre outras. “Eles serão capacitados para cumprirem a nobre missão que os bombeiros tem que é salvar vidas alheias e atuarão em todo o nosso Estado”, disse o comandante-geral, coronel Monteiro.

Com duração de 10 meses, os alunos do CFP 2024 irão cursar as disciplinas de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, salvamento aquático, terrestres e em alturas, legislações específicas, entre outras. “Eles serão capacitados para cumprirem a nobre missão que os bombeiros tem que é salvar vidas alheias e atuarão em todo o nosso Estado”, disse o comandante-geral, coronel Monteiro.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos