0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Uma aeronave que realizava voo entre Recife e Natal, realizou um pouso de emergência no Aeroporto de Natal, na noite deste domingo (14). O avião, do modelo ATR72-600, da agência Azul Linhas Aéreas, teve a turboélice arrematada na primeira tentativa de pouso e só conseguiu aterrissar após cerca de 30 minutos, depois de ficar circulando na região entre Ceará-Mirim e Taipu, às 18h49.

A aeronave apresentou defeitos no flaps, componente que ajuda a reduzir a velocidade no momento da aterrissagem, de acordo com informações preliminares. Dados da plataforma FlightRadar24, que monitora voos em todo o mundo, mostra que a viagem transcorreu na normalidade durante o trajeto. No entanto, na primeira tentativa de pouso, o comandante precisou arremeter. A aeronave permaneceu no ar e só pousou meia hora depois, cerca de 25 minutos depois do horário previsto.

O avião foi acompanhado pelos serviços de emergência do terminal, após tocar a pista do Aeroporto de Natal. Foi necessário o uso dos 3 mil metros, o que reforçou a natureza do problema, costumeiramente, esse tipo de aeronave costuma utilizar apenas um terço da extensão da pista.

Thiago Nóbrega, que é responsável pelo perfil @aircrafts.nat – especializado em informações sobre aviação -, estava no voo e contou detalhes do ocorrido. Segundo ele, após a tentativa de pouso, o piloto informou sobre problemas na aeronave.

“O problema começou a surgir na aproximação final. Eu notei que o avião não estava descendo e estava arremetendo. O comandante informou que estava com problemas no sistema da aeronave e que iria corrigir o problema para tentar um novo pouso. Nesse momento, foi só o que foi dito”, detalhou.

Nóbrega relatou que o clima era tranquilo entre os passageiros e não houve pânico. “A partir daí, o avião começou a rodar. Foram quase 30 minutos só dando voltas. O clima na aeronave estava normal, não havia gente em pânico, pelo menos não que estivesse expondo. Meu medo era ter que voltar para Recife”, disse.

Ainda de acordo com ele, após os 30 minutos, o piloto fez um novo comunicado. “Quando o comandante chamou pela segunda vez, foi para anunciar que iria pousar em Natal. Ele disse para ficarmos atentos às instruções de segurança e manter o cinto de segurança afivelado. Ao saírmos, fomos escoltados por viaturas dos bombeiros do aeroporto”, acrescentou.

Segundo o passageiro, ninguém se feriu. “Depois que a aeronave pousou, houve mais um falatório entre os passageiros. Mas ninguém passou mal, ninguém se machucou. Tudo normal”, encerrou.

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte



Após falha técnica, avião faz pouso de emergência no Aeroporto de Natal



Uma aeronave que realizava voo entre Recife e Natal, realizou um pouso de emergência no Aeroporto de Natal, na noite deste domingo (14). O avião, do modelo ATR72-600, da agência Azul Linhas Aéreas, teve a turboélice arrematada na primeira tentativa de pouso e só conseguiu aterrissar após cerca de 30 minutos, depois de ficar circulando na região entre Ceará-Mirim e Taipu, às 18h49.

A aeronave apresentou defeitos no flaps, componente que ajuda a reduzir a velocidade no momento da aterrissagem, de acordo com informações preliminares. Dados da plataforma FlightRadar24, que monitora voos em todo o mundo, mostra que a viagem transcorreu na normalidade durante o trajeto. No entanto, na primeira tentativa de pouso, o comandante precisou arremeter. A aeronave permaneceu no ar e só pousou meia hora depois, cerca de 25 minutos depois do horário previsto.

O avião foi acompanhado pelos serviços de emergência do terminal, após tocar a pista do Aeroporto de Natal. Foi necessário o uso dos 3 mil metros, o que reforçou a natureza do problema, costumeiramente, esse tipo de aeronave costuma utilizar apenas um terço da extensão da pista.

Thiago Nóbrega, que é responsável pelo perfil @aircrafts.nat – especializado em informações sobre aviação -, estava no voo e contou detalhes do ocorrido. Segundo ele, após a tentativa de pouso, o piloto informou sobre problemas na aeronave.

“O problema começou a surgir na aproximação final. Eu notei que o avião não estava descendo e estava arremetendo. O comandante informou que estava com problemas no sistema da aeronave e que iria corrigir o problema para tentar um novo pouso. Nesse momento, foi só o que foi dito”, detalhou.

Nóbrega relatou que o clima era tranquilo entre os passageiros e não houve pânico. “A partir daí, o avião começou a rodar. Foram quase 30 minutos só dando voltas. O clima na aeronave estava normal, não havia gente em pânico, pelo menos não que estivesse expondo. Meu medo era ter que voltar para Recife”, disse.

Ainda de acordo com ele, após os 30 minutos, o piloto fez um novo comunicado. “Quando o comandante chamou pela segunda vez, foi para anunciar que iria pousar em Natal. Ele disse para ficarmos atentos às instruções de segurança e manter o cinto de segurança afivelado. Ao saírmos, fomos escoltados por viaturas dos bombeiros do aeroporto”, acrescentou.

Segundo o passageiro, ninguém se feriu. “Depois que a aeronave pousou, houve mais um falatório entre os passageiros. Mas ninguém passou mal, ninguém se machucou. Tudo normal”, encerrou.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos