Reviravolta: ITEP não encontra material genético e santa-cruzense preso no Hospital Universitário Onofre Lopes deverá ter prisão revogada

|

|







Uma série de erros que pode ter levado um inocente a ser preso.
O caso da suposta violência sexual contra uma criança de 10 meses pode ter uma reviravolta e inocentar o santa-cruzense acusado de cometer o suposto crime no hospital federal.

Segundo informações colhida pela reportagem da TV Tropical, após análise do material colhido na criança pelo ITEP, não foi comprovada a presença de esperma o bebê de 10 meses.

A primeira informação divulgada pela polícia foi que o material colhido era compatível com o do homem, que estava no mesmo quarto do bebê. O laudo foi dado por um profissional de farmácia do Hospital Universitário Onofre Lopes e foi contestado pelo ITEP, que divulgou seu laudo nesta segunda-feira (13).

O laudo do ITEP é o mais seguro, pois é feito por peritos com técnicas próprias para análise de casos como este.

A Polícia Civil mudou o delegado do caso e o novo delegado vai pedir ainda hoje (14) a revogação da prisão do santa-cruzense, que deve ser inocentado do caso.

As investigações continuam e ao longo do dia uma entrevista coletiva deverá ser feita pelos investigadores.

 Blog do Édipo Natan

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments



Reviravolta: ITEP não encontra material genético e santa-cruzense preso no Hospital Universitário Onofre Lopes deverá ter prisão revogada



Uma série de erros que pode ter levado um inocente a ser preso. O caso da suposta violência sexual contra uma criança de 10 meses pode ter uma reviravolta e inocentar o santa-cruzense acusado de cometer o suposto crime no hospital federal. Segundo informações colhida pela reportagem da TV Tropical, após análise do material colhido…


Uma série de erros que pode ter levado um inocente a ser preso.
O caso da suposta violência sexual contra uma criança de 10 meses pode ter uma reviravolta e inocentar o santa-cruzense acusado de cometer o suposto crime no hospital federal.

Segundo informações colhida pela reportagem da TV Tropical, após análise do material colhido na criança pelo ITEP, não foi comprovada a presença de esperma o bebê de 10 meses.

A primeira informação divulgada pela polícia foi que o material colhido era compatível com o do homem, que estava no mesmo quarto do bebê. O laudo foi dado por um profissional de farmácia do Hospital Universitário Onofre Lopes e foi contestado pelo ITEP, que divulgou seu laudo nesta segunda-feira (13).

O laudo do ITEP é o mais seguro, pois é feito por peritos com técnicas próprias para análise de casos como este.

A Polícia Civil mudou o delegado do caso e o novo delegado vai pedir ainda hoje (14) a revogação da prisão do santa-cruzense, que deve ser inocentado do caso.

As investigações continuam e ao longo do dia uma entrevista coletiva deverá ser feita pelos investigadores.

 Blog do Édipo Natan

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments