MARCOS SILVA: COM DOIS MESES DE ATRASO E DEPOIS DE MUITA COBRANÇA, PREFEITURA DE SANTA CRUZ IRÁ REUNIR O COMITÊ DE CRISE. ESPERO QUE NÃO SEJA TARDE.



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos
A máxima “antes tarde do que nunca” é utilizada para justificar, quase sempre, irresponsabilidade de alguém, por algo que deveria ter feito anteriormente, mas não fez. Pois bem! Ao anunciar com dois meses de atraso, reunião do COMITÊ DE CRISE do município de Santa Cruz, o ilustre prefeito se encaixa perfeitamente nesta máxima.
Não foi uma, nem duas, tampouco, três vezes que cobrei publicamente do prefeito informações acerca do funcionamento deste comitê, criado, pasmem, em 24 de março, mas como visto, sem qualquer reunião. 

Sempre considerei o COMITÊ DE CRISE uma ferramenta importante no combate a COVID-19, por se tratar de um colegiado diverso, amplo, com várias cabeças pensantes que planejariam ações mais precisas no enfrentamento a doença. 
Em reunião do Conselho de Saúde, realizada de forma remota na semana passada, em uma conversa franca, aberta e amistosa com a Sra. Secretária de Saúde, Milena, mais uma vez cobrei com firmeza a importância do funcionamento do comitê e a mesma assumiu o compromisso de articular junto ao gabinete do prefeito a convocação, o que de fato fez.
Toda via, a gestão municipal, de uma vez por todas precisa entender o significado da palavra “prevenção” era justamente o papel do comitê, então, me soa, embora não devamos perder a esperança, triste que a prefeitura tenha criado o colegiado, mas não efetivado sua atuação, vindo, só agora, depois de mortes e avanços de casos da doença, reunir seus membros.
Péssimo exemplo! Que outros municípios não sigam este caminho, nem a máxima acima mencionada, uma vez que, VIDAS, não podem ter preço, nem espera. 
No mais, vamos torcer que não seja tarde e que o colegiado possa, enfim, cumprir com seu papel.


Compartilhe:

MARCOS SILVA: COM DOIS MESES DE ATRASO E DEPOIS DE MUITA COBRANÇA, PREFEITURA DE SANTA CRUZ IRÁ REUNIR O COMITÊ DE CRISE. ESPERO QUE NÃO SEJA TARDE.



A máxima “antes tarde do que nunca” é utilizada para justificar, quase sempre, irresponsabilidade de alguém, por algo que deveria ter feito anteriormente, mas não fez. Pois bem! Ao anunciar com dois meses de atraso, reunião do COMITÊ DE CRISE do município de Santa Cruz, o ilustre prefeito se encaixa perfeitamente nesta máxima.
Não foi uma, nem duas, tampouco, três vezes que cobrei publicamente do prefeito informações acerca do funcionamento deste comitê, criado, pasmem, em 24 de março, mas como visto, sem qualquer reunião. 

Sempre considerei o COMITÊ DE CRISE uma ferramenta importante no combate a COVID-19, por se tratar de um colegiado diverso, amplo, com várias cabeças pensantes que planejariam ações mais precisas no enfrentamento a doença. 
Em reunião do Conselho de Saúde, realizada de forma remota na semana passada, em uma conversa franca, aberta e amistosa com a Sra. Secretária de Saúde, Milena, mais uma vez cobrei com firmeza a importância do funcionamento do comitê e a mesma assumiu o compromisso de articular junto ao gabinete do prefeito a convocação, o que de fato fez.
Toda via, a gestão municipal, de uma vez por todas precisa entender o significado da palavra “prevenção” era justamente o papel do comitê, então, me soa, embora não devamos perder a esperança, triste que a prefeitura tenha criado o colegiado, mas não efetivado sua atuação, vindo, só agora, depois de mortes e avanços de casos da doença, reunir seus membros.
Péssimo exemplo! Que outros municípios não sigam este caminho, nem a máxima acima mencionada, uma vez que, VIDAS, não podem ter preço, nem espera. 
No mais, vamos torcer que não seja tarde e que o colegiado possa, enfim, cumprir com seu papel.


Compartilhe:

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos