Torre panorâmica do Parque da Cidade reabre para visitação do público



Torre panorâmica do Parque da Cidade volta a ser aberta para visitação do público
Imagem Torre panorâmica do Parque da Cidade volta a ser aberta para visitação do público
0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

A torre panorâmica do Parque da Cidade, entre a Zona Sul e a Zona Oeste de Natal, voltou a ser aberta para visitação do público neste ano de 2024. De acordo com a administração do Parque, a torre ficou mais de três anos fechada por problemas estruturais 

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a torre tem 45 metros de altura e desperta a curiosidade de moradores e turistas. Desde a inauguração, em 2008, o trecho passou por aberturas e fechamentos constantes.

Por conta da altura e do formato, feita em formato de olho, o topo da torre panorâmica possibilita uma vista privilegiada de parte da capital potiguar. Os acessos ao Parque e à torre são gratuitos.

“Eu tava esperando há muito tempo, há mais de anos, desde antes da pandemia, por isso aqui retornar, receber o público, que estava precisando bastante já vir aqui, conhecer as belezas de Natal de cima”, contou o cabeleireiro Anderson Wallace, que visitou o local neste sábado (23).

No topo da torre, além da vista, funciona o Memorial de Natal, que guarda e conta parte da história da capital potiguar.

Para chegar lá em cima, é necessário subir uma rampa e depois pegar um elevador. A administração explicou que os cones colocados na frente da rampa são apenas para evitar a passagem de veículos.

Parque da Cidade: unidade de preservação ambiental

Inaugurado em 2008, o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte tem 154 hectares de natureza nativa de Mata Atlântica e Caatinga.

O espaço é uma unidade de conservação ambiental e foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, conhecido por diversos prédios históricos do país, como o Congresso Nacional (Brasília), o Copan (São Paulo) e a Igreja da Pampulha (Belo Horizonte).

O Parque da Cidade conta com trilhas pavimentadas e pontos de descanso ao longo do percurso, com espaço destinado à caminhada e ciclovia.

O Parque também é um importante ponto para realização de estudos e pesquisas científicas, devido à biodiversidade e a preservação ambiental.

O Parque da Cidade abriga em média mais de 370 espécies entre plantas e animais, incluindo espécies endêmicas raras e algumas regionalmente ameaçadas de extinção, como o Lagartinho-de-folhiço (Coleodactylus natalensis) e a Orquídea Catleia (Cattlleya granulosa).

Além disso, o Parque da Cidade conta com biblioteca, salas de aula, auditório que servem de apoio a diversas ações de educação ambiental e contribuem para o desenvolvimento sustentável, além de incentivar o interesse da população em proteger o meio ambiente.

Os espaços também são palcos de apresentações musicais.

Torre panorâmica do Parque da Cidade reabre para visitação do público



Torre panorâmica do Parque da Cidade volta a ser aberta para visitação do público

A torre panorâmica do Parque da Cidade, entre a Zona Sul e a Zona Oeste de Natal, voltou a ser aberta para visitação do público neste ano de 2024. De acordo com a administração do Parque, a torre ficou mais de três anos fechada por problemas estruturais 

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a torre tem 45 metros de altura e desperta a curiosidade de moradores e turistas. Desde a inauguração, em 2008, o trecho passou por aberturas e fechamentos constantes.

Por conta da altura e do formato, feita em formato de olho, o topo da torre panorâmica possibilita uma vista privilegiada de parte da capital potiguar. Os acessos ao Parque e à torre são gratuitos.

“Eu tava esperando há muito tempo, há mais de anos, desde antes da pandemia, por isso aqui retornar, receber o público, que estava precisando bastante já vir aqui, conhecer as belezas de Natal de cima”, contou o cabeleireiro Anderson Wallace, que visitou o local neste sábado (23).

No topo da torre, além da vista, funciona o Memorial de Natal, que guarda e conta parte da história da capital potiguar.

Para chegar lá em cima, é necessário subir uma rampa e depois pegar um elevador. A administração explicou que os cones colocados na frente da rampa são apenas para evitar a passagem de veículos.

Parque da Cidade: unidade de preservação ambiental

Inaugurado em 2008, o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte tem 154 hectares de natureza nativa de Mata Atlântica e Caatinga.

O espaço é uma unidade de conservação ambiental e foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, conhecido por diversos prédios históricos do país, como o Congresso Nacional (Brasília), o Copan (São Paulo) e a Igreja da Pampulha (Belo Horizonte).

O Parque da Cidade conta com trilhas pavimentadas e pontos de descanso ao longo do percurso, com espaço destinado à caminhada e ciclovia.

O Parque também é um importante ponto para realização de estudos e pesquisas científicas, devido à biodiversidade e a preservação ambiental.

O Parque da Cidade abriga em média mais de 370 espécies entre plantas e animais, incluindo espécies endêmicas raras e algumas regionalmente ameaçadas de extinção, como o Lagartinho-de-folhiço (Coleodactylus natalensis) e a Orquídea Catleia (Cattlleya granulosa).

Além disso, o Parque da Cidade conta com biblioteca, salas de aula, auditório que servem de apoio a diversas ações de educação ambiental e contribuem para o desenvolvimento sustentável, além de incentivar o interesse da população em proteger o meio ambiente.

Os espaços também são palcos de apresentações musicais.


0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

O Potengi

Portal de notícias e conteúdos do Rio Grande do Norte