UBS de São Paulo do Potengi é fechada pela vigilância sanitária; Prefeitura não prestou esclarecimentos

Caos na saúde Na última segunda-feira, dia 13, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Santos Dumont, em São Paulo do Potengi, foi fechada pela Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA) do Rio Grande do Norte. O fechamento ocorreu devido à inadequação total do prédio, uma situação incomum, já que a SUVISA geralmente interdita apenas setores específicos das unidades de saúde.


|







Na última segunda-feira, dia 13, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Santos Dumont, em São Paulo do Potengi, foi fechada pela Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA) do Rio Grande do Norte. O fechamento ocorreu devido à inadequação total do prédio, uma situação incomum, já que a SUVISA geralmente interdita apenas setores específicos das unidades de saúde.

A decisão de interditar toda a UBS foi motivada por problemas estruturais que comprometiam a segurança e a qualidade dos atendimentos prestados à população. A precariedade do prédio era generalizada, tornando inviável a continuidade dos serviços na unidade.





No dia do fechamento, a Prefeitura de São Paulo do Potengi emitiu uma nota informativa oficial, comunicando que os pacientes do bairro Santos Dumont seriam temporariamente atendidos na UBS Campo Grande. Entretanto, o comunicado não esclareceu explicitamente que a transferência ocorreu devido à interdição da UBS Santos Dumont.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou uma nota alegando a necessidade de readequação estrutural da UBS do Santos Dumont, visando à melhoria na assistência aos usuários. A nota informa que em breve serão divulgadas mais informações sobre o retorno dos atendimentos na unidade do Santos Dumont.

A SMS agradeceu a compreensão da população diante da mudança temporária e reafirmou o compromisso com a qualidade dos serviços de saúde prestados.

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments



UBS de São Paulo do Potengi é fechada pela vigilância sanitária; Prefeitura não prestou esclarecimentos



Caos na saúde Na última segunda-feira, dia 13, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Santos Dumont, em São Paulo do Potengi, foi fechada pela Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA) do Rio Grande do Norte. O fechamento ocorreu devido à inadequação total do prédio, uma situação incomum, já que a SUVISA geralmente interdita apenas setores específicos das unidades de saúde.


Na última segunda-feira, dia 13, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Santos Dumont, em São Paulo do Potengi, foi fechada pela Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA) do Rio Grande do Norte. O fechamento ocorreu devido à inadequação total do prédio, uma situação incomum, já que a SUVISA geralmente interdita apenas setores específicos das unidades de saúde.

A decisão de interditar toda a UBS foi motivada por problemas estruturais que comprometiam a segurança e a qualidade dos atendimentos prestados à população. A precariedade do prédio era generalizada, tornando inviável a continuidade dos serviços na unidade.





No dia do fechamento, a Prefeitura de São Paulo do Potengi emitiu uma nota informativa oficial, comunicando que os pacientes do bairro Santos Dumont seriam temporariamente atendidos na UBS Campo Grande. Entretanto, o comunicado não esclareceu explicitamente que a transferência ocorreu devido à interdição da UBS Santos Dumont.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou uma nota alegando a necessidade de readequação estrutural da UBS do Santos Dumont, visando à melhoria na assistência aos usuários. A nota informa que em breve serão divulgadas mais informações sobre o retorno dos atendimentos na unidade do Santos Dumont.

A SMS agradeceu a compreensão da população diante da mudança temporária e reafirmou o compromisso com a qualidade dos serviços de saúde prestados.

Compartilhe:


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments