IBGE: São Paulo do Potengi teve mais divórcios do que casamentos em 2022, veja outras cidades do RN



0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos

Pelo menos 19 cidades do Rio Grande do Norte tiveram mais divórcios do que casamentos ao longo de 2022, segundo dados da Pesquisa de Registros Civis, divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (Veja a lista de cidades mais abaixo).

A maior diferença registrada foi na cidade de Pendências, que teve 39 divórcios a mais que casamentos – foram 63 contra 24.

São Paulo do Potengi ficou logo atrás, com 31 separações a mais que matrimônios.

A cidade potiguar que teve o maior número de divórcios em 2022 foi Mossoró, com 676. O município, no entanto, registrou um número maior de casamentos (1.225) e, por isso, não consta na lista mais abaixo.

A mesma situação ocorreu em Parnamirim, segunda cidade com o maior número absoluto de divórcios no RN, com 571.

Já a capital Natal teve 179 divórcios, segundo a pesquisa, número também abaixo dos 3.250 casamentos – o maior número absoluto no estado.

💔 Cidades com mais divórcios que casamentos no RN

  1. Areia Branca – 88 divórcios e 77 casamentos
  2. Apodi – 112 divórcios e 84 casamentos
  3. Alexandria – 49 divórcios e 30 casamentos
  4. Almino Afonso – 30 divórcios e 10 casamentos
  5. Acari – 29 divórcios e 19 casamentos
  6. Assu – 193 divórcios e 188 casamentos
  7. Campo Grande – 25 divórcios e 13 casamentos
  8. Cruzeta – 25 divórcios e 9 casamentos
  9. Florânia – 26 divórcios e 14 casamentos
  10. Jardim de Piranhas – 29 divórcios e 16 casamentos
  11. João Câmara – 142 divórcios e 117 casamentos
  12. Lajes – 30 divórcios e 9 casamentos
  13. Martins – 34 divórcios e 19 casamentos
  14. Monte Alegre – 71 divórcios e 63 casamentos
  15. Parelhas – 54 divórcios e 49 casamentos
  16. Pendências – 63 divórcios e 24 casamentos
  17. Pau dos Ferros – 122 divórcios e 109 casamentos
  18. São Paulo do Potengi – 58 divórcios e 27 casamentos
  19. Upanema – 24 divórcios e 17 casamentos

Maior taxa de nupcialidade e maior taxa de divórcio

Luís Gomes foi a cidade do Rio Grande do Norte que apresentou a maior taxa de nupcialidade em 2022.

Segundo o IBGE, as taxas de nupcialidade e divórcio fornecem uma dimensão do número de registros de casamentos em relação à população de 15 anos ou mais.

Em Luís Gomes, a taxa de nupcialidade foi de 21,8. Ou seja, para cada mil habitantes acima de 15 anos na cidade, 21 deles casaram.

Já a maior taxa de divórcio foi em São Bento do Trairi, com 2,3 divórcios para cada mil habitantes com mais de 15 anos.

Compartilhe:

IBGE: São Paulo do Potengi teve mais divórcios do que casamentos em 2022, veja outras cidades do RN



Pelo menos 19 cidades do Rio Grande do Norte tiveram mais divórcios do que casamentos ao longo de 2022, segundo dados da Pesquisa de Registros Civis, divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (Veja a lista de cidades mais abaixo).

A maior diferença registrada foi na cidade de Pendências, que teve 39 divórcios a mais que casamentos – foram 63 contra 24.

São Paulo do Potengi ficou logo atrás, com 31 separações a mais que matrimônios.

A cidade potiguar que teve o maior número de divórcios em 2022 foi Mossoró, com 676. O município, no entanto, registrou um número maior de casamentos (1.225) e, por isso, não consta na lista mais abaixo.

A mesma situação ocorreu em Parnamirim, segunda cidade com o maior número absoluto de divórcios no RN, com 571.

Já a capital Natal teve 179 divórcios, segundo a pesquisa, número também abaixo dos 3.250 casamentos – o maior número absoluto no estado.

💔 Cidades com mais divórcios que casamentos no RN

  1. Areia Branca – 88 divórcios e 77 casamentos
  2. Apodi – 112 divórcios e 84 casamentos
  3. Alexandria – 49 divórcios e 30 casamentos
  4. Almino Afonso – 30 divórcios e 10 casamentos
  5. Acari – 29 divórcios e 19 casamentos
  6. Assu – 193 divórcios e 188 casamentos
  7. Campo Grande – 25 divórcios e 13 casamentos
  8. Cruzeta – 25 divórcios e 9 casamentos
  9. Florânia – 26 divórcios e 14 casamentos
  10. Jardim de Piranhas – 29 divórcios e 16 casamentos
  11. João Câmara – 142 divórcios e 117 casamentos
  12. Lajes – 30 divórcios e 9 casamentos
  13. Martins – 34 divórcios e 19 casamentos
  14. Monte Alegre – 71 divórcios e 63 casamentos
  15. Parelhas – 54 divórcios e 49 casamentos
  16. Pendências – 63 divórcios e 24 casamentos
  17. Pau dos Ferros – 122 divórcios e 109 casamentos
  18. São Paulo do Potengi – 58 divórcios e 27 casamentos
  19. Upanema – 24 divórcios e 17 casamentos

Maior taxa de nupcialidade e maior taxa de divórcio

Luís Gomes foi a cidade do Rio Grande do Norte que apresentou a maior taxa de nupcialidade em 2022.

Segundo o IBGE, as taxas de nupcialidade e divórcio fornecem uma dimensão do número de registros de casamentos em relação à população de 15 anos ou mais.

Em Luís Gomes, a taxa de nupcialidade foi de 21,8. Ou seja, para cada mil habitantes acima de 15 anos na cidade, 21 deles casaram.

Já a maior taxa de divórcio foi em São Bento do Trairi, com 2,3 divórcios para cada mil habitantes com mais de 15 anos.

Compartilhe:

0 0 Avaliações
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos